Solicitação pode ser feita no aplicativo da Caixa, disponível para download no celular. FOTO: AGÊNCIA BRASIL

Em meio à pandemia, foi criado o programa de saque emergencial das contas de FGTS, com um salário mínimo disponibilizado a cada trabalhador. O prazo acabou. Nessa semana, um total de R$ 7,9 bilhões que haviam sido separados em contas Poupança Digital da Caixa retornaram ao Fundo pois não foram sacados. Mesmo assim, ainda há um caminho para quem queira sacar e tenha perdido a primeira oportunidade no calendário original.
Esse trabalhador pode solicitar pelo aplicativo do FGTS, entre 7 e 31 de dezembro, para que a Caixa transfira novamente o valor a ser sacado para a conta digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. O saque emergencial poderá ser utilizado, aí, em transações eletrônicas, saque em espécie ou transferência, sem custo, para outras contas.

A Caixa informa que é preciso estar com os dados cadastrais atualizados para receber o saque emergencial. Ao todo, R$ 37,8 bilhões foram disponibilizados para mais de 60 milhões de trabalhadores na primeira fase da liberação dos saques.

Mais dúvidas podem ser esclarecidas nos canais disponibilizados pelo banco para atender demandas relacionadas ao saque emergencial FGTS: App FGTS, site fgts.caixa.gov.br, Central de Atendimento CAIXA 111, opção 2; e Internet Banking CAIXA. A instituição alerta que não envia mensagens com solicitação de senhas, dados ou informações pessoais; e reforça que não envia links ou pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp. Cuidado com os golpes!

Deixe seu comentário