Primeira edição do Mulheres Pense Leve foi realizado na Unisc, na manhã de sábado, com diversas atividades

Realizado no sábado, evento sobre emagrecimento saudável contou com palestras e atividades de saúde e beleza

Emagrecimento saudável, controle da ansiedade e compulsão alimentar, alimentação vegetariana e vegana, além de fitoterápicos. Assim, em um ambiente fértil de troca de experiências e conhecimento, foi realizado, na manhã de sábado, o workshop Mulheres Pense Saudável. Das 9h às 12h, o público presente pôde obter informações de quatro profissionais de diferentes áreas, como farmácia, culinária saudável, nutricionista, coach e psicóloga, no campus montenegrino da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

De acesso gratuito e idealizado pela nutricionista e coach Zuraica Pires, em alusão ao Mês das Mulheres, o evento reuniu um bom público feminino. A procura era, principalmente, por conhecimento sobre como emagrecer com saúde. No auditório, onde foram realizadas as palestras de Zuraica, Cíntia Freitas, Cintia Kirch do Nascimento e Aline Diehl, quase não haviam lugares sobrando, demonstrando o interesse e prestígio da comunidade montenegrina.

Paralelamente à conferência, atividades de beleza, alimentação e lazer também foram realizadas no pátio da Unisc. Zumba, dança do ventre, massagem e pintura de unhas integraram a programação, que contou com outras parcerias.

VINDA de Costa da Serra, Janete esteve em seu primeiro workshop

Janete Terezinha Hoff, 33 anos, moradora de Costa da Serra, relata que essa foi sua primeira participação em um workshop. Sabendo da realização através da cunhada, que estuda na Unisc, Janete conta que já no primeiro horário, às 9h, estava marcando presença no “Mulheres Pense Leve”.

“Eu adorei essa realização. Experimentei de tudo um pouco que estavam oferecendo aqui. Acho que é muito importante que aconteçam eventos gratuitos como esse. Pela motivação que nos traz, né, e para esclarecimento de coisas que não sabemos. Pelo conhecimento mesmo”, avalia.

Outra opinião positiva veio, também, de Rúbia Aguiar, 59 anos. Com olhos atentos às palestras da manhã, Rúbia, que ficou sabendo do evento através do jornal Ibiá, conta que gostou bastante do workshop. “Pela informação sobre saúde, qualidade de vida e pela motivação. Acho que deveria haver mais edições, em outros locais, para democratizar e dar acesso a outras pessoas”, termina.

Palestras com foco na saúde

A farmacêutica Cintia Kirch explicou sobre fitoterápicos e seu poder no processo de emagrecimento saudável

Primeira profissional a palestrar, a culinarista Cíntia conta que a grande procura pelo workshop a deixou realizada. A profissional debateu sobre alimentos funcionais e os benefícios da alimentação vegetariana e vegana. Com um friozinho na barriga antes de apresentar seu material, Cíntia afirma que o retorno foi o mais positivo possível. “O pessoal super interessado mesmo. Perguntando, interagindo. A gente nota que estão aqui porque procuram e querem saúde integral, o que é muito importante. E essa interação com outros profissionais é empolgante. É uma troca enriquecedora”, explica.

Segunda a tomar frente na programação, a psicóloga Aline apresentou estudos, explicou sobre estresse, ansiedade e malefícios de dietas da moda e restrição alimentar. Dando sequência à manhã de palestras, a farmacêutica Cintia Kirch explicou sobre os medicamentos fitoterápicos, seu consumo e dosagem e trouxe algumas indicações para as participantes.

E encerrando as atividades, a nutricionista e coach Zuraica, em uma abordagem motivacional, enfatizou a importância de mudança de hábitos para uma vida mais saudável. Sob a temática de protagonismo no processo de seu próprio emagrecimento, incentivou a importância do autoconhecimento e iniciativa. Após o encerramento, brindes foram sorteados às mulheres presentes.

Deixe seu comentário