Caso a demanda não seja suficiente, a linha também será cancelada

O fim das linhas que transportavam os alunos para as universidades da região metropolitana pegou muitos montenegrinos de surpresa. Após reunião, a Viação Montenegro (Vimsa) decidiu retomar o itinerário somente para os estudantes da Ulbra em caráter experimental de 60 dias. De acordo com a empresa, o objetivo da mudança é atender a demanda que, caso não seja suficiente para dar continuidade do transporte, será cancelada. A linha está prevista para sair às 17h40min e voltar as 22h10min.

Até semana passada, a Vimsa tinha como definição a suspensão das linhas que transportavam os alunos para as universidades Unisinos, Ulbra e Feevale. Conforme o coordenador de assuntos externos da Vimsa, Alcides Azevedo da Silva, o retorno provisório somente da linha que vai até a Ulbra se deu pela dificuldade de acesso à instituição por parte dos alunos. “As linhas que faziam a Feevale e Unisinos seguem suspensas porque ficou inviável continuar pelo número de estudantes que tinha, mas é importante destacar que apresentamos opções, e no caso da Ulbra é diferente”, disse o coordenador.

“Como no quesito ‘opção’ para o usuário da Ulbra ficou mais complicado, a Metroplan [entidade que gerencia as linhas intermunicipais] nos autorizou, em caráter experimental de dois meses, a fazer a linha. Durante esse período, iremos monitorar, e se a demanda continuar baixa como foi registrada nos últimos anos, infelizmente vamos ter que avisar ao usuário para que eles possam procurar outras maneiras de deslocamento”, explica Silva.
Diante da novidade e na busca por alternativas, os estudantes do município – a grande maioria sem condições de arcar com o transporte particular e sendo beneficiários do Passe Livre Estudantil – acionaram as lideranças políticas e a Associação dos Estudantes do RS (AERGS) e cobraram por respostas. A Metroplan não trouxe de volta as linhas solicitadas e, junto com a Vimsa, apresentou itinerários que prevêem trocas de ônibus e paradas, inclusive, em horários tarde da noite.

Deixe seu comentário