O prefeito Kadu Müller e os vereadores “adultos” prestigiaram a solenidade, realizada nesta terça-feira à noite

Terça-feira, às 18h30, na sede da Câmara, ocorreu a primeira reunião dos vereadores mirins eleitos no mês de novembro. Na sequência, foi realizada no plenário Edgar de Oliveira a sessão solene de diplomação e posse, com a presença de familiares, amigos e convidados dos eleitos. Entre titulares e suplentes, 20 estudantes de escolas municipais, estaduais e particulares receberam seus certificados. Este ano, houve um número recorde de candidatos: 37.

Também conhecido como “Jovens Vereadores”, o projeto Câmara Mirim, desde seu início, teve grande estímulo e apoio da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) do legislativo. Em 2019, a iniciativa passou por reformulações, como a votação através de urna eletrônica. Foram mobilizados mais de dois mil alunos, do 6º ao 9º anos.

A primeira reunião do grupo será realizada após o recesso, no dia 11 de fevereiro, com a eleição do presidente demais integrantes da mesa diretora.

O vereadores mirins
Titulares
– Brayan Lemos Vieira – EEEM Delfina Dias Ferraz
– Bruna Natália da Rocha – EEEF Osvaldo Brochier
– Carlos Eduardo Goelzer – EEEF Cel. Januário Correa
– Diogo Tiago Rodrigues Lopes – EMEF José Pedro Steigleder
– Gabriel Nunes Knorst – Colégio Sinodal Progresso
– Isadora de Azeredo – Instituto de Educação São José
– Lilia Maria de Borba Dewes – EMEF Dr. Walter Belian
– Matheus Hummes Ferreira – EMEF Cinco de Maio
– Sadi Moreira Kasper Junior – Colégio Estadual Dr. Paulo Ribeiro Campos
– Taíssa Iedi da Costa – EMEF Pedro João Müller

Suplentes
– Alyce dos Santos Billig – EMEF Cinco de Maio
– Andriele Giovana Baischi – EEEF Osvaldo Brochier
– Arthur Ritter Marx – EEEF Cel. Januário Correa
– Augusto Machado Bastos – EMEF Dr. Walter Belian
– Bárbara Zilles de Almeida – EMEF José Pedro Steigleder
– Brian Agostinho – Colégio Estadual Dr. Paulo Ribeiro Campos
– Edna Gabriela de Andrade – EEEM Delfina Dias Ferraz
– Marina Schley Franco – EMEF Pedro João Müller
– Nicolas Granado – Colégio Sinodal Progresso
– Otávio Jorge de Arruda – Instituto de Educação São José

* Os vereadores mirins, além de pedidos de providências, poderão apresentar requerimentos de reuniões e até propor projetos de lei, que podem ter tramitação normalç através da mesa diretora da Câmara.
** Para 2020, está prevista a visita dos jovens aos três Poderes, para entenderem como funciona a Democracia.

Deixe seu comentário