Cachorrinha espera a porta abrir pela manhã para buscar o jornal e entregá-lo à tutora. Foto: arquivo pessoal

Um dos entregadores do Ibiá, Leandro Joel Scherer, teve uma fofa surpresa na cidade de Maratá, essa semana. Lá ele conheceu um pouco mais dos assinantes para quem sempre deixa o jornal, ainda durante a madrugada; e também a Meg, uma Shitzu de três anos, muito especial. Ela já é conhecida por buscar a edição diariamente no Bar e Bazar do Schu. Meg faz questão de entregar o Ibiá todas as manhãs para sua tutora, Márcia Andrea Alves Schu.

“Ela faz isso desde o ano passado, quando renovamos o jornal. A gente pegava o jornal e sentava no sofá para tomar um chimarrão. Na primeira vez que ela fez, eu fui junto e pedi para ela me trazer. Ela trouxe direitinho. Agora é só abrir a porta que ela já vai correndo. Dá pena nos dias que não tem, porque ela fica procurando, vem e fica olhando para a gente querendo dizer que não achou nada”, relata. “Renovamos o jornal agora de novo, também por causa dela, não vamos parar”, afirma, entre risos.

Leandro, como entregador, explica que se vê de tudo na madrugada: histórias boas e ruins. Isso porque sai cedo para o batente, e geralmente até as 2h ele já está realizando as entregas. Mas, para ele, vale a parte boa. “A lua forma paisagens fantásticas na madrugada”, pontua. (IF)

Deixe seu comentário