Ana Maria, Jaqueline Porto e Daiana Gallas receberam a lembrança. foto: Acom/Prefeitura de Montenegro

Na sexta-feira passada (27), o prefeito Carlos Eduardo Müller realizou a tradicional homenagem aos servidores que fecharam datas “cheias” – de 5, 10, 15 anos – trabalhando na Prefeitura. Na ocasião, Mariane da Silva Isbarrola – servidora do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), morta na quarta-feira (25) – também foi homenageada. Ela seria lembrada por seus cinco anos de atuação no município.

Mariane era terapeuta ocupacional. Em seu nome, a secretária Municipal de Saúde, Ana Maria Rodrigues, a coordenadora do Caps, Jaqueline Porto, e a psicóloga do órgão, Daiana Gallas, receberam a lembrança do prefeito. A emoção e a comoção foi geral no ambiente, enquanto todos lembravam da colega falecida.

A servidora, de 30 anos, foi morta pelo ex-companheiro em seu apartamento, em Porto Alegre. Sua mãe também foi assassinada. Ela deixou duas filhas – uma de sete e outra de quatro anos de idade – que estavam na residência no momento do crime. Mariane havia recebido ameaças prévias do assassino.

Deixe seu comentário