“Eu sempre me senti um cidadão montenegrino”, destacou o empreendedor. FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Natural de Nova Bassano, o empresário Sérgio Mario Gabardo agora também é cidadão montenegrino. A entrega do título foi proposta pela vereadora Camila de Oliveira, do Republicanos, e aprovada por unanimidade na Câmara na última quinta-feira, dia 11. “Analisando sua rica biografia, denota-se uma pessoa que venceu na vida, como motorista de caminhão e hoje empresário de uma grande empresa […] É uma referência até os dias atuais”, justificou a parlamentar.

Traz a biografia do homenageado que Gabardo, hoje aos 64 anos de idade, começou a vida profissional na agricultura e, então, tornou-se motorista de caminhão para ajudar a família na venda dos produtos produzidos na lavoura. Em 1989, empreendeu na área de transportes, fundando a Transportes Gabardo Ltda em Porto Alegre. Com o passar dos anos, fez valer-se de seu espírito empreendedor. Hoje, também é sócio-proprietário da RG LOG Logística; e empreende nos ramos de concessionárias de veículos, construção civil, agricultura e pecuária – com destaque especial à diversificação e às tecnologias inovadoras aplicadas na produção primária dentro da estrutura do Pesque e Pague Gabardo, em Montenegro.

O homenageado tem residência em território montenegrino, mas a família divide, nas semanas, a casa com a morada em Canoas, principalmente por causa dos estudos do filho na capital. “Mas os meus negócios estão centralizados em Montenegro”, pontua Gabardo. “Eu sempre me senti um cidadão montenegrino. A gente aprendeu que é um lugar de pessoas maravilhosas, de uma comunidade trabalhadora, guerreira. Eu acho que este é um reconhecimento por aquilo que a gente faz pela cidade e penso que, se a gente já contribuía de alguma forma, de repente poderemos contribuir ainda mais.”

Atuante, “Seu Gabardo”, como é conhecido por muitos, é um dos apoiadores da Liga Feminina de combate ao câncer da cidade de Canoas. Por lá, inaugurou em 2018 o Auditório Mário Sérgio Gabardo junto ao Hospital Nossa Senhora das Graças; em homenagem a um filho que faleceu. Na semana passada, ele foi um dos empresários que abraçou o Projeto Cidade Limpa, da Prefeitura de Montenegro, custeando o conserto de um caminhão-prancha para a secretaria de Desenvolvimento Rural, que estava danificado e, agora, já voltou a atender a comunidade.

Ele também é parte da diretoria de importantes entidades ligadas ao transporte, sendo o atual presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística do Estado; e vice-presidente da Federação das Empresas de Logística e Transporte de Cargas  e da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores.

Deixe seu comentário