Exposição de fotos que ocorre no saguão da Câmara de Vereadores é uma das ações desenvolvidas pelo grupo FOTO: Divulgação/MPPHM

Em meio às comemorações dos 149 anos de Montenegro, preparação para os 150 e como parte da Festa Nacional das Artes e da Citricultura (Fenacitrus), o Movimentao de Preservação do Patrimônio Histórico de Montenegro (MPPHM) tem realizado diferentes ações ao longo do mês. A próxima será na quarta-feira, dia 18, quando ocorre no plenário da Câmara de Vereadores um seminário com o tema “Preservar é possível”.

O evento, que inicia às 19h e tem entrada gratuita, contará com a presença da arquiteta Leila Schaedler, que é especialista em Gestão e Práticas em Obras de Restauro. A profissional trará o exemplo da cidade de Tupandi, onde imóveis históricos foram inventariados e uma legislação os protegendo foi sancionada, e também apresentará o projeto de intervenção no Seminário São José, em Pareci Novo, do qual é autora.

O presidente do MPPHM, Ricardo Agádio Kraemer, destaca que a entidade também está com uma exposição de fotografias antigas de Montenegro exposta no saguão da Câmara de Vereadores. É a mostra que antes esteve na Estação da Cultura. Além disso, o MPPHM vem promovendo outras ações, como as visitas guiadas que ocorreram na manhã de sábado, dia 14, ao Ferroviário e na tarde do mesmo dia ao Centro Histórico de Montenegro. (ARH)

Deixe seu comentário