Região deve ter retorno da intempérie somente a noite. Foto: Arquivo Jornal Ibiá

O relógio batia meio dia nessa segunda-feira, 1º, quando Montenegro escureceu ao ficar encoberta por nuvens pesadas. Em meia hora ruas ficaram alagadas com a grande quantidade de água que caiu, obrigando motoristas a tomarem cuidado ao transitar pelas vias.

Os principais pontos alagados eram nas ruas Buarque de Macedo, nas imediações da Praça dos Ferroviários e na rua Osvaldo Aranha, próximo ao campo do 5º BPM, onde os alagamentos são comuns e uma obra de troca da tubulação está sendo realizada.

Principal rua da cidade, a Ramiro Barcelos também teve problemas com a grande quantidade de água que caiu em pouco tempo

Na rua Ramiro Barcelos também foi registrado um grande acúmulo de águas sobre a pista e as calçadas, em diversos trechos. Muitos outros pontos do centro e bairros foram afetados pela chuva, que veio acompanha de ventos e algumas descargas elétricas fortes. Não foram registrados acidentes e transtornos maiores.

Chuva intensa deve continuar
Conforme a meteorologista Amanda Sampaio, do Climatempo, as áreas de instabilidade que provocaram as chuvas de ontem, 1º, ainda continuam ativas no Estado. A aproximação de uma nova frente fria vai ajudar a aumentar as nuvens carregadas sobre o Rio Grande do Sul.

Na Osvaldo Aranha o problema se repete a cada chuva e a pista fica totalmente coberta de lama

Portanto, todo o território gaúcho ainda tem previsão de chuva a qualquer hora do dia, que poderão ser fortes em vários momentos. “A chuva mais volumosa é esperada para áreas do centro-norte do RS, que inclui a região de Montenegro e a capital Porto Alegre”, afirma Amanda.

Na quarta-feira, 3, a instabilidade perde força, mas ainda podemos ter chuva durante a manhã sobre Montenegro e região. No entanto, ao longo da tarde, a previsão é de que o sol apareça entre muitas nuvens e não chova mais. Já para quinta e sexta-feira, o sol deve predominar no céu, sem previsão de mais chuva.

Deixe seu comentário