Tubulação irá ligar a rede de saneamento da rua Porto Belo com a rua Tramandaí, solucionando os constantes alagamentos na via

Expectativa é que a conclusão dos trabalhos aconteça em até 20 dias

Moradores da rua Porto Belo, no bairro Centenário, convivem há pelo menos 20 anos com problema de alagamentos constantes. Nesta terça-feira, 6, o começo de uma solução para a demanda histórica passou a ganhar forma com as primeiras movimentações de máquinas e homens da empresa RGS Engenharia, contratada pela Administração Municipal para realizar obras de ampliação e melhoria na rede de saneamento. O valor investido é de pouco mais de R$ 170 mil e a expectativa de conclusão dos trabalhos, segundo o Executivo Municipal, é de até 20 dias.

O prefeito Gustavo Zanatta, acompanhado pelo secretário de Viação e Serviços Urbanos, Neri Mello Pena, esteve na manhã desta terça-feira no local para conferir o início das obras. “Esses moradores têm toda a razão de reclamar. Estamos felizes em finalmente atender a essa reivindicação de tanto tempo”, afirmou o chefe do Executivo Municipal.

Moradores convivem com constantes alagamentos na rua Porto Belo há pelo menos 20 anos

João Batista Nunes das Chagas, morador da rua Porto Belo, conta que desde que se mudou para o local, há cerca de 15 anos, o problema existe. “Estamos aguardando pra ver se resolvem esse problema agora, porque o cheiro é terrível e esperamos uma solução há muito tempo”, destaca. Chagas conta que diversas tentativas para solucionar o alagamento foram feitas pela Prefeitura ao longo dos anos. “Agora eles estavam vindo com o caminhão aqui e sugam essa água, mas isso não é uma solução. O que a gente espera agora é que essa obra possa ser uma solução definitiva”, afirma.

A situação do alagamento na rua Porto Belo já foi mostrada em diversas reportagens do Jornal Ibiá. Em janeiro deste ano, a reportagem ouviu o relato da moradora Lisiane da Rosa, que contou que o problema havia piorado após uma intervenção da Prefeitura no local, entre os meses de junho e julho de 2020.

Obra iniciou na manhã desta terça-feira, 6

Segundo Lisiane, durante um serviço de limpeza uma boca de lobo acabou ficando aberta por vários dias, fazendo com que o material utilizado pela Prefeitura para fazer a obra acabasse descendo pela rede. “A prefeitura veio, abriu para fazer a limpeza e deixou aberto. Com as chuvas que vieram dias depois acabou entrando areia, brita, madeira e cimento e esse material acabou agravando o problema mais do que era antes”, explica.

Segundo a moradora, após a obra realizada pela prefeitura, chuvas de pouca intensidade acabam alagando a rua. “Agora chuviscou alaga. Antes, para alagar, teria que ter uma chuva pesada”, destaca Lisiane. O morador João Batista Nunes das Chagas explica que o alagamento aumenta todos os dias no fim da tarde. “Chega no fim de tarde o alagamento começa a piorar, porque é o horário que o pessoal chega em casa, então a rede não dá conta de todo o esgoto que desce e acaba aumentando o nível do alagamento”, relata Chagas.

Com o início das obras a expectativa dos moradores é que enfim o problema seja solucionado. “Se trata de uma obra que foi aguardada por um bom tempo. As condições atuais eram insuportáveis, alagamentos frequentes na rua e até mesmo em algumas casas, além do esgoto a céu aberto. Mas agora, com início da obra, temos a certeza de um problema resolvido”, afirma a moradora Lisiane da Rosa.

Deixe seu comentário