O Hospital Montenegro (HM) e a área da saúde do município receberam uma verba extra para qualificar e ampliar o seu trabalho. O valor destinado à instituição é fruto de uma parceria entre os poderes Executivo e Legislativo, uma vez que o recurso é oriundo do duodécimo da Câmara de Vereadores.

De acordo com o secretário municipal da Fazenda, Nestor Bernardes, o Legislativo abriu mão do duodécimo do mês de setembro, que chega ao valor de R$ 308 mil, para o investimento na área da saúde. O titular da pasta ainda ressalta que uma parte dessa verba será investida no Hospital Montenegro, oportunizando melhorias em diferentes serviços.

A Câmara reforça que a parceria é importante e que a cidade ganha com ações assim. “A Casa Legislativa está sempre disposta a realizar qualquer parceria que possa refletir em benefícios à comunidade”, ressaltou o presidente Neri de Mello Pena, o Cabelo, do PTB.

Já o prefeito Carlos Eduardo Müller ressalta que ações assim, envolvendo o Legislativo e o Executivo, atestam o quanto os poderes, unidos, podem fazer por Montenegro. “Projetos e parcerias como essa promovem, também, a autoestima da população”, definiu.

Por lei, a Câmara tem direito a até 7% do orçamento do município, mas atualmente menos de um terço deste valor é empregado para a sua manutenção e para a remuneração dos vereadores e dos funcionários.

Deixe seu comentário