Espetáculo é baseado no fato verídico ocorrido com Cláudia Silva Ferreira ao ser arrastada por uma viatura em meio ao tráfego no RJ. Foto: reprodução internet

Na próxima terça-feira, 24, a partir das 20h, Montenegro recebe o espetáculo “A Mulher Arrastada” no Espaço Cultural Braskem, na Estação da Cultura. Os ingressos devem ser retirados antecipadamente no Sesc Montenegro, rua Capitão Porfírio, 2295, mediante doação espontânea de 1kg de alimento não perecível. A apresentação tem classificação etária mínima de 14 anos e com dramaturgia de Diones Camargo, tem duração de 50 minutos.

Entrelaçando fato verídico e criação ficcional, a obra é inspirada no caso real ocorrido em 2014, quando Cláudia Silva Ferreira, após ser baleada, teve o corpo atirado às pressas em uma viatura e arrastado ainda com vida em meio ao tráfego do Rio de Janeiro, sob o olhar horrorizado de motoristas e pedestres.

A montagem mostra a figura trágica de Cláudia, que era negra de 38 anos, pobre, auxiliar de serviços gerais, mãe de 4 filhos biológicos e 4 adotivos, reivindicando o que, durante a cobertura jornalística do caso, foi aos poucos apagado: o seu nome que foi substituído pela impessoal, violenta e cruel alcunha de “Mulher Arrastada”. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3649-3403 e no site www.sesc-rs.com.br/montenegro.

Deixe seu comentário