Previsão era de que as obras fossem retomadas ainda em janeiro

Iniciada em 2016, conclusão da obra é bastante aguardada pela comunidade

As obras da EMEI Centenário seguem sem previsão de início. No dia 22 de janeiro a Prefeitura havia divulgado que a retomada dos serviços estava prevista para acontecer na semana seguinte. Passado mais de um mês do anuncio, a obra ainda continua parada.

De acordo com a Administração Municipal faltava apenas a instalação da rede elétrica por parte da RGE para que a empresa responsável retomasse as obras. Mas segundo relato dos moradores a ligação de energia já foi realizada há cerca de duas semanas atrás.

A justificativa do Secretário Municipal de Obra Públicas, Edson Eggers Machado, é que ainda existem algumas pendências burocráticas com relação ao contrato e a licitação que estão sendo resolvidos para que a obra enfim comece. De acordo com o secretário, são pendências ainda do ano passado e que devem ser resolvidas até a próxima semana.

“Eu sei que essa obra é importante e que toda a comunidade está aguardando. É super necessária e temos que dar uma satisfação porque a gente se comprometeu em retomar essa obra. Mas é importante a comunidade saber que se a obra não foi retomada ainda não foi por descaso da administração, mas por questões burocráticas”, ressalta o secretário.

Funcionários da Prefeitura estiveram na Emei Centenário e realizaram uma limpeza do mato que já tomava conta da obra


Comunidade aguarda há mais de quatro anos conclusão da obra da EMEI Centenário

As obras iniciaram em setembro de 2016, com um investimento de R$ 1.403.607,20. O prazo para conclusão era de 180 dias, portanto fevereiro de 2017. Mas, a partir do final de 2016, os problemas começaram e o ritmo da obra foi diminuindo, até que, em agosto de 2019, três anos após, a empresa rescindiu o contrato e a construção parou por completo.

Em agosto de 2020, uma nova licitação foi aberta e a empresa vencedora foi a GB e GB Construções LTDA. O valor total licitado foi de R$ 1.273.024,62. Só que a empresa anterior ingressou com ação judicial solicitando perícia dos serviços já executados, o que atrasou o reinício das obras. Houve então um pedido de aditivo de prorrogação do contrato firmado com a nova contratada, o que foi acatado pela Procuradoria Geral do Município. No dia 20 de janeiro, a Secretaria Municipal de Obras Públicas emitiu a ordem de início dos serviços para a empresa contratada. A partir desta data, ela tem oito meses para concluir os trabalhos. No entanto, o início da obra segue sem previsão de início.

A vendedora Silvana Santos, moradora do bairro São João, conta que esperava a conclusão da creche para matricular a filha na escola, o que não aconteceu devido à demora na realização da obra. “Quando eu engravidei da minha pequena a gente queria botar ela aqui, porque a casa da minha mãe fica próxima. Então pra mim ficaria mai fácil, minha mãe pegaria ela na creche e eu passava aqui e buscava ela. Mas o ano que vem ela já vai para o primeiro ano e a creche ainda não saiu, e assim como eu, tem muitas mães que esperavam a creche aqui e as crianças já cresceram e estão indo para o primeiro ano”, conta Silvana.

Segundo a vendedora a creche é extremamente necessária não só para os moradores do bairro Centenário, mas também para os próximos, como São João e Rui Barbosa. Ela relata que grande parte das crianças que moram nesses bairros tem que se deslocar para a EMEI do bairro Panorama ou do bairro Santo Antônio, o que representa um perigo por conta da travessia da ERS-287. “Isso aqui já deveria estar em andamento faz tempo, porque é um investimento na educação, não é só para a comodidade de os pais terem um local onde deixar os filhos”, desabafa Silvana.

Deixe seu comentário