Hoje Natália passa por importante etapa do tratamento. Foto: Arquivo pessoal

No dia 11 de março a pequena Natália Tavares irá encarar uma nova cirurgia. O procedimento faz parte do tratamento iniciado no ano passado.
Nessa terça-feira, 12, em Curitiba, local onde vem realizando todos os procedimentos, Natália passou por uma tomografia. O exame mostrou avanços positivos na perna operada da menina em setembro de 2018.

A nova cirurgia servirá para retirada do fixador externo e implementação de uma placa de sustentação. “As células tronco retiradas da bacia foram absorvidas pelo organismo e formaram um osso novo na área antes afetada pelo Neurofibroma”, detalha Claudio Tavares, pai da menina. “A perninha da Nati obteve a consolidação esperada pela equipe médica”, destaca ele.

Natália comoveu a população montenegrina com sua história de vida. Ela luta contra uma doença neurológica rara, chamada Neurofibromatose (NF1). Com o passar dos anos foi submetida a uma série de cirurgias, e obteve resultados importantes. Mas, aos 8 anos de idade, a pequena enfrentou um de seus maiores desafios, vencer uma batalha onde o que estava em jogo era a própria perna.

No mês de julho de 2018, o Jornal Ibiá contou a história desta “guerreira” e o desejo da família dela de reverter os prognósticos médicos, que indicavam a amputação do membro esquerdo. Para evitar que isso pudesse ocorrer, a família apostava em um tratamento fora do Brasil, mas após uma viagem realizada a Curitiba, no Paraná, Natália descobriu que poderia se tratar em sua pátria natal.

Contudo, os custos do tratamento eram elevados, mas, graças a uma ampla campanha realizada nas mídias sociais e com o apoio da imprensa de várias partes do Estado, a família conseguiu o montante para pagar todo o tratamento.

Deixe seu comentário