Máscaras foram descartadas na calçada em frente à loja de Helena, no Centro

A montenegrina Helena Ávila Schmitz passou por uma situação desagradável na manhã de quinta-feira, 4. Ao chegar a sua loja, localizada na rua Ramiro Barcelos, 2715, se deparou com máscaras de proteção, aparentemente já utilizadas, descartadas incorretamente sobre a calçada, juntamente com outras embalagens.

Muito insatisfeita, Helena conta que ela e uma funcionária colocaram a mão na massa diante da situação. “Colocamos luvas e nós mesmas juntamos e descartamos aquilo. Estava uma sujeira”, pontua. Ela opina que a incoerência é não apenas do órgão, que poderiam limpar o que foi descartado, mas sim de quem fez o descarte de maneira incorreta. “Quem fez não tem respeito nenhum. Se a gente quer limpar, tem que ser por conta, porque se chamar a Prefeitura, fica ali um tempão, mesmo que meus impostos estejam em dia, né”, desabafa.

Deixe seu comentário