O movimento de caminhões de grande porte agrava o problema dos buracos

Cansado de esperar providências da Administração Pública, um morador da rua Florisbela Ferreira de Lima, no bairro Olaria, resolveu tapar parte dos buracos da via com barro vermelho. José Luiz Figueiredo relata que o problema é antigo e, para se deslocar de carro pela rua, tem de usar a primeira marcha, para evitar danos em seu veículo. Foi dele a iniciativa do tapa-buracos provisório. “Está péssimo. São muitos buracos, a fundação não é boa. Há uns dois anos colocaram brita e um pouco de asfalto próximo às calçadas, mas já está cheio de buracos de novo”, detalha o cidadão.

Para Ademir Heberle, os buracos são causados pelo fluxo de veículos pesados que passam na via, mas isso não irá mudar, então, para ele, o que precisa ser resolvido é a questão do tapa-buracos. Ademir relata que uma vizinha chamou o vereador Talis Ferreira (PR) para verificar a situação. No ano passado, ele foi ao local e se comprometeu a conseguir melhorias, mas até o momento a situação continua a mesma. “Só o que fizeram foi pintar o cordão das calçadas”, lamenta Ademir.

No dia 8 de maio do ano passado, o vereador formalizou o pedido de reparos na Prefeitura, por meio do protocolo nº 487/2018, porém, o serviço ainda não foi realizado. Contatado pela reportagem, Talis informou que conversou com o secretário de Viação e Serviços Urbanos, Jackson Oliveira dos Santos, e o pedido será atendido no decorrer dos dias, porém não sinalizou uma data precisa.

A Administração Municipal, por meio da assessoria de comunicação, informa que o serviço solicitado já está no cronograma da equipe da secretaria municipal de Viação e Serviços Urbanos. A previsão é que o trabalho seja realizado na segunda quinzena do mês de fevereiro.

Deixe seu comentário