Reunião ocorreu no gabinete do prefeito em exercício Cristiano Braatz

A partir do dia 13 de março, todas as quartas-feiras, será realizada a Feira Livre do Produtor Rural de Montenegro. O comercio de produtos será feito na rua Dr. Flores, ao lado da Câmara de Vereadores, no centro. A iniciativa foi idealizada pelo atual presidente do Legislativo, vereador Juarez Vieira da Silva (PTB) e discutida com o Executivo durante reunião realizada nessa quinta-feira, 3.

De acordo com Juarez, a proposta tem como objetivo aproximar Câmara de Vereadores, Prefeitura, produtores rurais e a comunidade. Inicialmente a ideia era realizar a Feira na rua Álvaro de Moraes. Para isso seria preciso bloquear o trânsito de veículos na frente da Usina Maurício Cardoso, inclusive a passagem das linhas do transporte urbano, mas uma sugestão apresentada pela diretora de Desenvolvimento Rural, Cátia Schu, mudou a escolha do endereço para a rua Dr.Flores. “Aquela rua é a ideal. Tem sombra e facilita a reposição dos produtos. Além disso, estimula os consumidores a usarem o ônibus para fazerem suas compras”, destaca a diretora.

O prefeito em exercício Cristiano Braatz, juntamente com representantes das secretarias de Desenvolvimento Rural, Obras Públicas e Posturas, Vigilância em Saúde, Casa do Produtor Rural, Emater e os vereadores Talis Ferreira (PR) e Juarez, definiu a data e o horário para início das atividades da Feira. A partir da segunda semana do mês de março, todas as quartas-feiras, das 8h às 13h, a comunidade terá a oportunidade de comprar produtos diretamente com os produtores. “Queremos incentivar os produtores e resgatar a Feira, como era realizada antigamente”, sublinha o prefeito.

A Feira Livre será instalada semanalmente ao lado da Câmara de Vereadores

Ainda falta organizar uma série de regras sobre o funcionamento da Feira, mas isso será feito ao longo dos meses de janeiro e fevereiro. “Temos que definir a padronização, os espaços e o perfil do produtor”, ressalta Silvana Schons, chefe da Vigilância Sanitária. Os interessados em expor seus produtos na Feira Livre devem, obrigatoriamente, serem produtores rurais de Montenegro e preencher um cadastro na secretaria municipal de Desenvolvimento Rural. Se houver grande demanda de produtores, a rua Capitão Machado poderá ser disponibilizada para ampliação da Feira.

Os feirantes e a comunidade poderão usar os sanitários da Câmara de Vereadores, até que os banheiros do prédio ao lado sejam reformados e abertos, o que já está nos planos do Legislativo para 2019. A ideia é que a Feira Livre ocorra nos dias em que a Casa do Produtor Rural não abre. Além disso, dependendo da procura dos feirantes, existe a possibilidade de ampliar o número de dias da Feira e sua realização no bairro Timbaúva. Alterações nos horários e em demais detalhes também poderão ocorrer nos próximos meses, conforme diálogo entre as partes envolvidas.

Deixe seu comentário