Empresa contratada vai concluir a decoração dos espaços públicos até sábado

Decorações já estão sendo feitas; e programação promete encantar

Após a abertura da Feira Natalina na semana passada, agora, oficialmente, Montenegro entra no clima de Natal. As decorações começaram a ser instaladas nessa quarta-feira, dia 2, e devem ficar prontas já no sábado, com enfeites por quase toda a rua Ramiro Barcelos, na Praça Rui Barbosa, Praça dos Ferroviários e no Porto das Laranjeiras. Além disso, a Administração Municipal divulgou a programação dos festejos que, adaptados ao contexto da pandemia, consistirão em atividades itinerantes, em drive-in e em transmissões pela internet.

Chamada de “Natal é Arte” na gestão Kadu Müller, o Natal montenegrino será realizado numa parceria entre Prefeitura, Ministério do Turismo, Fundarte, Associação Amigos da Fundarte, Unisc e Sesc. Ocorre nos dias 11, 12 e 13. Primeiro, com o espetáculo “Alma Única”, em drive-in (cada um no seu carro) no estacionamento da Unisc, bairro Zootecnia; após, dia 12, no mesmo local e formato, com um concerto da “Orquestra de Brinquedos”; e, então, no dia 13, com mais uma edição do show itinerante “Música à Domicílio” especial de Natal pelas ruas da cidade. Os dois primeiros têm ingresso solidário de dois quilos de alimentos não perecíveis com retirada no Sesc.

No final de semana seguinte, dia 19, tem cortejo natalino pelo comércio e, dia 21, concerto de orquestra na Catedral São João Batista.

Programação e decoração custam R$ 247 mil ao Município
Os valores investidos com as celebrações natalinas vêm sendo questionados nas redes sociais desde a divulgação dos editais de contratação. Apesar das parcerias, o investimento do Município junto ao Sesc, para as apresentações, com dispensa de licitação, é de R$ 100 mil. Já o contrato das decorações, feito por processo licitatório e conquistado por uma empresa de Sobradinho, custa R$ 147 mil.

Dentre os enfeites, estão portais, estruturas de anjo, letreiros e notas musicais; alguns itens com altos valores, como R$ 8 mil para a casa do Papai Noel; e R$ 17 mil para duas estruturas de ferro imitando uma bota de Natal. O pregão foi julgado pelo critério do menor preço por lote, com base em elementos e critérios definidos pela Administração Municipal.

A reportagem esteve na Praça Rui Barbosa e conversou com um dos sócios da empresa contratada, que também está instalando decorações em outros municípios, mas é a primeira vez que atua em Montenegro. Ele destacou a importância de, num momento como o atual, resgatar o ânimo da comunidade.

Pelo menos desde 2018, as decorações natalinas de Montenegro vinham sendo feitas com materiais recicláveis, com o trabalho de voluntários e servidores. “Infelizmente não haverá utilização dos itens anteriores, pois na última edição houve inúmeros danos durante o período natalino, não podendo ser aproveitado grande parte dos materiais”, explica o diretor de Turismo, Matias Ohlweiler.

Quanto à programação, a proposta de fornecimento do Sesc, contratada pelo Município, dá conta que “a exemplo dos demais eventos já realizados, as atividades terão o desafio de disponibilizar, de forma gratuita e democrática, uma gama de programações culturais”. Há a dispensa de licitação para o contrato por a entidade ser do Sistema S. É ela que cuida da parte estrutural e da contratação e atendimento aos artistas; tornando-se um facilitador para o Município, que não precisa fazer contratos com licitações individuais.

Mas houve impacto da pandemia. Segundo a diretora do Departamento de Cultura do Município, Priscila Nunes, o fim da cogestão do Distanciamento Controlado do Estado trouxe regras mais rígidas ao funcionamento dos eventos e algumas mudanças nas atividades previstas, mas nenhuma alteração contratual. O decreto do governador Eduardo Leite emitido nessa semana suspende festas e eventos de fim de ano que gerem aglomerações; inclusive, veda permanência de pessoas em locais abertos sem controle de público, como os parques e praças decorados.

As celebrações, na verdade, já até começaram. Desde a noite da última terça-feira, um caminhão com um show de Natal começou a passar pelos bairros, iniciando pelo Germano Henke e passando por algumas ruas para a alegria da criançada, que foi pega de surpresa com a atividade. São previstas seis noites desse chamado “Natal para Todos” em diferentes bairros, mas que não estão na programação oficial divulgada. Fontes próximas do governo contaram que a estratégia é proposital, para surpreender a comunidade e não causar grandes aglomerações. Nas redes sociais, muita gente elogiou. FOTO: ENVIOU DE INTERNAUTA

Deixe seu comentário