No início da ação, a Vigilância fez a entrega de luvas e repelentes para que os voluntários ficassem protegidos

Na última segunda-feira, 17, o grupo Maturidade Ativa, promovido pelo Sesc Montenegro, esteve realizando um trabalho comunitário no Cemitério Municipal, juntamente com a Vigilância em Saúde e agentes. A agente comunitária de saúde do bairro Panorama, Salete K. Silva Oliveira, 56, destacou a importância que a ação trouxe. “Quisemos, com esse movimento, mobilizar a população e alertar dos riscos das doenças. Aqui no cemitério, podemos mostrar que quando alguém vem ver seus entes queridos, prestar homenagens, devem tomar cuidado com os vasos das flores, que sem areia podem acumular água.”

Emília Martins Lopes, integrante do grupo Maturidade Ativa esteve de olho na coleta de amostra das larvas
Emília Martins Lopes Nunes, 60, faz parte do grupo Maturidade ativa há dois anos e reitera o depoimento de Salete, explicando que o conhecimento adquirido na ação, não é só para ela. “Estamos aqui para combater o mosquito esvaziando os vasos. Assim aprendemos com a Vigilância, que está aqui para nos tornarmos fiscais como eles”, destaca.

A ação era, basicamente, a retirada de água dos recipientes com flores do cemitério e, logo, os voluntários enchiam os mesmos com areia, evitando que água de futuras chuvas permaneçam paradas. Ainda na oportunidade, os agentes retiraram amostras de larvas já formadas do Aedes aegypti.

Deixe seu comentário