Ao ser varrido das calçadas, lixo acabou no meio fio

Ramiro Barcelos foi palco da celebração do Tri, mas torcedores não recolheram materiais como garrafas e copos

Quem passou pela Rua Ramiro Barcelos no início da manhã desta quinta-feira, 30, deparou-se com grande quantidade de lixo deixado sobre as calçadas e na pista. Segundo Milton de Azevedo Germany, por volta das 6h, era praticamente impossível desviar de tanto material. A sujeira era fruto da comemoração da torcida gremista pela conquista da Libertadores.

 

PRIMEIRA atividade de Thereza foi limpar a frente da loja

Thereza Kunz não ficou surpresa com o que encontrou sobre a calçada. Ela relata que esse tipo de comportamento dos torcedores já é considerado rotina, pois a cada jogo importante, independente do time que está na disputa, a situação se repete. Além dos copos descartáveis e garrafas, os festeiros deixam outro tipo de “lembrancinha” desagradável. Thereza relata que muitos se aproveitam do fato da porta da loja ficar em um local mais reservado para usar o espaço como banheiro público. No dia seguinte, é preciso muita água e produtos de limpeza pra se livrar do mau cheiro.

Assim como Thereza, outros lojistas precisaram varrer e lavar o passeio público antes de abrir as lojas para atendimento. O problema é que parte do lixo acabou ficando na rua, junto ao cordão das calçadas.

A assessoria de comunicação da Prefeitura informou que a demanda seria encaminhada ao setor de meio ambiente para o recolhimento dos itens.

Deixe seu comentário