O livro “Raízes” aborda temas de interesse social como o meio ambiente e o comportamento do homem branco frente aos índios e escravos

Apreciadores de poesia já podem se preparar, pois no dia 9 de fevereiro uma nova obra literária chega ao mercado. O livro “Raízes”, de autoria de Jorge Alberto de Almeida, conta com 34 poemas autorais. O lançamento ocorre a partir das 16h, no restaurante Alternativo, localizado na rua João Pessoa nº 1242. A comunidade em geral é convidada a participar.
O livro é o primeiro trabalho de Jorge e conta com poesias escritas em diferentes épocas. “Eu não tinha a intenção de fazer um livro, mas meus amigos me incentivaram a isso”, relata Jorge. Durante um ano e meio o escritor trabalhou na seleção dos poemas que integram a obra. Agora, está tudo pronto para o lançamento do título.
Conforme Jorge, a obra é alicerçada em três eixos principais: o índio, o branco e o negro. A partir destes temas surgem poesias que propõem reflexões sobre questões como, por exemplo, o meio ambiente. As obras apresentam inspirações em conceituados escritores como Antônio Gonçalves Dias e Jayme Caetano Braun.
Uma das imagens que ilustra a capa do livro é de Joaquim Inácio de Oliveira Filho, avô da esposa de Jorge, Wanda, e filho do Coronel Antônio Inácio de Oliveira. O livro será vendido na Intelectual.

Sobre Jorge Alberto de Almeida
Jorge Alberto de Almeida nasceu no município de Alegrete, mas há anos reside em Montenegro. Por aqui, colaborou por diversos anos com a 15ª Região Tradicionalista. Em 2008, ele foi o homenageado nos festejos da Semana Farroupilha de Montenegro.

Confira uma das poesias do livro Raízes
Poema Fechado a Porteira
Tudo isso que falei
Está dentro do meu Estado
Por quem sou apaixonado
Desde o dia que nasci
Tudo que aprendi
Na luta do dia a dia
Repasso com alegria
E redobrado carinho
Pois encontrei no caminho
Aquilo que não perdi

Deixe seu comentário