Homenagem foi proposta pelas ex-vereadoras Josi Paz e Rose Almeida

Natural de São Borja, o juiz corregedor aposentado Ruy Simões Filho, 66 anos, agora também é cidadão montenegrino. A entrega do título, feita pela Câmara de Vereadores, é uma das principais honrarias do Poder Legislativo concedida a pessoas de fora de Montenegro, mas que tiveram atuação de destaque na cidade. A homenagem foi proposta ainda na legislatura passada por iniciativa das ex-vereadoras Josi Paz e Rose Almeida. Porém, em função de restrições impostas pela pandemia, não houve tempo hábil para a cerimônia de entrega do título no ano passado. Ela ocorreu nessa quinta-feira, 23, em sessão solene.

Nascido em 1955, Simões ingressou na magistratura em 1991, tendo como primeira comarca a cidade de Cruz Alta, assumindo a 1º Vara Criminal. Ele também teve passagem pela comarca de Frederico Westphalen, em 92, na 1º Vara Judicial; foi juiz eleitoral substituto na comarca de Iraí e, em 94, juiz eleitoral em Tenente Portela. Em 95, o homenageado foi juiz titular na 3ª comarca de São Lourenço do Sul e, no mesmo ano, veio para a comarca de Montenegro, onde trabalhou como juiz eleitoral. Foram treze anos de atuação no Município e foi onde ele escolheu ficar morando, com a esposa e as duas filhas, mesmo após a promoção, em 2008, quando foi trabalhar como juiz de entrância final em Porto Alegre. Simões se aposentou em 2011 como juiz corregedor.

Ruy Simões

Uma das responsáveis pela homenagem, Rose Almeida se disse emocionada ao saber da escolha pela residência em Montenegro. “Essa escolha, nós agradecemos, e esse Poder Legislativo, que representa a comunidade, o recebe de braços abertos”, declarou, de volta à Câmara nessa quinta-feira. A ex-vereadora também lembrou do papel que o homenageado teve na parceria da Prefeitura com o Instituto Penal para o aproveitamento de mão de obra prisional na cidade; e na abertura do fórum para que estudantes de Direito pudessem estagiar.

A sessão solene contou com a presença de familiares e amigos de Ruy Simões Filho; teve a divulgação de um vídeo com depoimentos de amigos e a apresentação da Camerata da Fundarte, que tocou a música favorita do homenageado: My Way, de Frank Sinatra. Em seu discurso, o agora cidadão montenegrino agradeceu o reconhecimento e, refletindo sobre sua trajetória, fez referência à canção. “Como reza a música, foi o meu jeito. Se acertei ou se errei, o certo é que foram os meus caminhos”, falou.

Deixe seu comentário