Foto mostra a água parada e a elevação da nova rede

Prefeitura precisará conseguir aparelho para avaliar onde há desnível

A Prefeitura de Montenegro fará uma avaliação técnica na obra da valeta e bueiro na estrada Getúlio Vargas, em Campo do Meio. O secretário de Desenvolvimento Rural (SMDR), Renato Caiaffo da Rocha, averiguou, nesta semana, a queixa de um morador de que há um desnível que impede a água de escoar, acumulando assim em frente às casas e perto da escola municipal.

Rocha explicou que o Município terá que conseguir um aparelho de nível, com o qual avaliará se é a nova de rede, cruzando a via, que ficou mais alta ou se a valeta foi cavada mais funda. Em comparação aos terrenos mais altos no entorno será definido qual correção fazer. “Mas isso ai não vai trazer prejuízo para nenhum morador”, afirmou, ao assinalar que esta verificação não tem urgência.

A valeta – do lado esquerdo no sentido Campo do Meio/Alfama – e as três redes de canos – cruzando junto à bifurcação a Lageadinho – finalizam uma obra de macrodrenagem. O secretário explica que o desnível e a estrada faziam as águas das chuvas que desciam da colina sobrecarregar o arroio e invadir terrenos. Além deste novo, o bueiro antigo recebeu mais uma rede de canos, duplicando sua vazão.

Deixe seu comentário