Saibreira alugada pela Prefeitura fica na localidade de Lajeadinho. foto: divulgação/Acom Prefeitura de Montenegro

Material será usado nas vias rurais de várias localidades

A Prefeitura de Montenegro, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR), assinou um contrato de aluguel de uma área de Lajeadinho para extração de saibro. O material será usado na melhoria das estradas de várias localidades do município. O valor do aluguel é de R$ 4.500 mensais e, nos próximos 10 meses, a cada 30 dias, a Administração pode extrair até 1.200 metros cúbicos do produto.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Ernesto Kasper, afirma que o saibro é fundamental para a manutenção das estradas. “Estamos desde o início do mandato procurando viabilizar este contrato para extração de saibro. Isso será fundamental para a melhoria das nossas estradas, facilitando o escoamento da produção”, relata Kasper.

Conforme o secretário, como o município possui no momento somente esta saibreira liberada, ela será usada para atender a todas as demandas. “Em virtude de logística e da emergencialidade operacional, iniciamos pelas proximidades da saibreira, região que está vivendo, neste momento, o ponto alto da colheita de citros. O intenso tráfego de caminhões para o transporte das frutas requer pistas em boas condições”, afirma Kasper.

O saibro retirado do local pela Prefeitura será usado essencialmente nas vias rurais. A SMDR não possui uma estimativa de quantos quilômetros de estrada poderão ser beneficiados com a quantidade de material extraído mensalmente do local. O secretário explica que ainda será preciso atender toda parte legal do licenciamento e, baseados em uma estimativa de consumo conforme anos anteriores, foi estipulado uma estimativa da quantidade mensal extraída.

Material já está sendo utilizado na manutenção de estradas próximas da região onde fica a saibreira. foto: divulgação/Acom Prefeitura de Montenegro

Kasper relata que quando a Administração assumiu, em janeiro, não tinha saibreira licenciada pelo município, que adquiria o produto de um empreendimento particular. “Agora temos uma licenciada e outra em vias de liberação”, destaca.

Nessa semana o secretário esteve visitando outra saibreira que a Prefeitura está em processo de licenciamento, que fica localizada na localidade de Vapor Velho. O objetivo é regionalizar a extração do produto, facilitando a logística para as equipes que trabalham na manutenção das vias do interior. “Estamos trabalhando para habilitar mais locais para a extração de saibro, buscando regionalizar, com isto, facilitando a logística”, destaca Kasper.

Apesar da boa notícia referente ao licenciamento da saibreira, a SMDR continua enfrentando problemas com as máquinas usadas para manutenção das estradas do interior. Segundo o secretário houve melhorias em relação às máquinas que estavam em manutenção, mas pelos vários trabalhos que estão sendo executados e pela idade da frota, os equipamentos estão em permanente risco de precisarem de alguma melhoria ou conserto.

Entenda o que é o saibro
O saibro é um produto originado a partir da alteração da rocha quartzo-feldspáticas, ou seja, é uma rocha em início de decomposição. Na manutenção das estradas ele é usado em natura para tapar buracos e em locais onde há pistas muito argilosas e derrapantes. Conforme o secretário da SMDR, Ernesto Kasper, o saibro é um material estruturante importantíssimo para que as equipes de manutenção das estradas possam trabalhar a qualidade nas vias rurais.
Além do uso na manutenção das estradas do interior, o saibro é usado na construção civil para fazer argamassas. Outro uso muito comum é o uso como piso de quadras de tênis, pistas de atletismo e quadras de bocha.

Deixe seu comentário