Para Márcia, basta apenas um pouco de conhecimento, organização e criatividade

Trabalhar de casa é uma das saídas para diminuir o contágio pelo coronavírus

Além do isolamento social, a pandemia do novo coronavíruis (a Covid-19) trouxe outro desafio para uma grande parcela da população: sem poder sair, muita gente se viu, de repente, tendo que trabalhar home office (trabalho em casa), junto com as crianças, bichos de estimação e cônjuges em ambiente improvisado. Essa prática cresceu consideravelmente nos últimos anos no Brasil, só que agora não deu tempo de quase ninguém preparar um cantinho especial e tornar a rotina mais agradável.

Com o crescente número de casos confirmados da Covi-19 no país, a recomendação para evitar aglomerações e diminuir as chances de contágio da doença levou muitas empresas a liberarem seus funcionários para trabalhar em casa. Quando se trata de um espaço home office, muitas perguntas surgem: o que é preciso para ter um? Qual o melhor lugar? É muito caro? A designer de interiores Márcia Farias, explica que criar ou organizar esse cantinho é mais simples do que muitos imaginam. “Basta um pouco de conhecimento, organização e criatividade para que em apenas um dia você crie seu Home Office com elementos simples, que muitas vezes até já temos em nossa casa”, disse. Para criar um ambiente funcional e inspirador, é necessário levar em conta alguns aspectos como a organização e limpeza do local escolhido, como também, um ambiente calmo e reservado. Inicialmente, é preciso pensar em qual cômodo da casa há viabilidade de criar o espaço.

“A melhor saída é dividir um dos cômodos ou utilizar uma parede da sala ou do quarto, aproveitando ao máximo os espaços que ficam sem utilidade pela casa: o final de um corredor, por exemplo, pode ser o lugar ideal para instalar seu Home Office”, orienta a designer. “Um recurso seria a utilização de móveis sob medida, mas se o tempo é curto, podemos pensar em algo modulado ou aqueles do tipo ‘faça você mesmo’, com cavaletes e chapas de madeira, que por sinal é tendência no momento para home office”, acrescenta.

A profissional ainda destaca que, na hora de montar o espaço, é importante que ele tenha personalidade e estilo de quem irá utilizá-lo, sem esquecer que conforto e funcionalidade são regras no design. Para isso, podem ser explorados acessórios e elementos na decoração, investindo também nas cores para o ambiente. “Além da questão estética, algumas cores podem ainda influenciar positivamente em nosso humor e até mesmo na produtividade”, lembra Márcia.

Kit básico de home office é essencial
Para trabalhar home office e ter seu próprio espaço, alguns itens são essenciais, o que torna o ambiente mais funcional e agradável. Confira quais são:
-Internet via cabo ou Wi-fi; tomadas de luz (escolha o local da casa que você tenha acesso a isso de forma prática);
-Cadeira confortável;
-Escrivaninha ou mesa de trabalho;
-Estante para organizar suas coisas;
-Caixas organizadoras;
– lixeira;
-Laptop ou desktop (ou os dois);
-Luminária;
-Material de escritório;
-Objetos de decoração e pessoais;
-Impressora.

Explore diferentes cores e objetos
Com o espaço escolhido, agora é hora de explorar as cores. De acordo com a designer de interiores, os tons terrosos como o marrom e amarelo, são boas para indicar estabilidade e foco, ou tons neutros e muito claros, aproximando-se do branco. “No entanto, todos esses indicativos precisam levar em conta a personalidade, os desejos e as necessidades de cada um para, assim, alcançar o máximo de eficiência desse espaço”, destaca Márcia.

Para deixar o ambiente ainda mais pessoalizado, a design aposta em elementos têxteis, seja na forma de tapetes, cortinas, almofadas e outros elementos estofados. Prateleiras e estantes também é uma ótima opção, já que eles otimizam e organizam melhor o espaço. “Para finalizar, é importante pensar na luminosidade, para isso, procure colocar a mesa de trabalho próximo a uma janela e, para aumentar seu bem-estar, traga para esse espaço plantas, que além da decoração, ajudam na purificação do ar do ambiente, auxiliando também no controle do stress e a manter a concentração”, acrescenta.

Dicas importantes

Ao mudar a rotina e o ambiente de trabalho, é preciso mais concentração nas tarefas para facilitar assimilação de informações. Desta forma, algumas dicas simples podem ajudar:
– Mantenha a mesma rotina (acordar e iniciar o expediente nos mesmos horários);
– Escolha um único espaço da casa para trabalhar;
– Mesa organizada e (de preferência) vazia;
– Escolha uma roupa apropriada;
– Saiba a hora de parar (organize pausas);
– Faça uma tarefa de cada vez (de um lado, família e problemas domésticos. Do outro, prazos e cobranças nos aplicativos de mensagem e e-mail);
– Trabalhe com regras claras (o que, como, quando e onde);
– Não se isole em casa (mesmo a distância, estabeleça interações sociais).

Deixe seu comentário