Gerânios precisam de bastante luz e não devem ser usados em ambientes internos

Saiba quais as melhores espécies de plantas para cultivar em temperaturas baixas

Durante o Inverno, os jardins não precisam se limitar aos arbustos e árvores mais resistentes. Se engana quem pensa que a Primavera é a única estação dominada por flores coloridas desabrochando pelas cidades e campos. Algumas espécies de plantas preferem nos contemplar com toda a sua beleza na época mais fria do ano, tornando a estação mais perfumada e elegante.

Flores exigem atenção para que suas cores e formas transformem jardins e ambientes em belas paisagens. No Verão, o cuidado com as flores é mais detalhado, devendo-se dar atenção a vários fatores. Já no Inverno, existem plantas que têm um cuidado muito simples, conforme a paisagista Elisangela Roveda. “Algumas flores não têm muito cuidado especial. É só não molhar mais no Inverno, ao contrário do Verão, em que elas precisam de muita água. Além disso, algumas espécies não precisam de poda no Inverno”, destaca.

Para Elisangela, o problema no crescimento e durabilidade das plantas é o pensamento que algumas pessoas têm, de que depois que se planta alguma flor, ‘fica lindo por muito tempo’, sem mais atenções. Ela explica que não funciona dessa forma. “Canteiros e vasos devem ter compostos orgânicos repostos a cada estação para que as plantas se desenvolvam melhor. Nada sobrevive sem cuidados”, pontua.

Segundo a paisagista, as flores e plantas que mais ganham visão são as coloridas e de formas diferentes. Assim, destaca Gerânios e Bromélias sendo algumas das plantas que mais fazem sucesso nos jardins no Inverno. Já a Lança de São Jorge, Bambú da Sorte e Palmeira Ráfia são boas plantas indicadas para ambientes internos na Estação, conforme a floricultora Liane Kleinschmitt. Os cactos se destacam em jardins e também locais internos na estação gelada.

A floricultora destaca os valores aproximados de cada uma dessas famosas plantas e locais mais indicados para as mesmas. Liane lembra, ainda, que todas as plantas citadas têm valores variados, dependendo de tamanho e especificidades.

Saiba os locais mais indicados e média de valores das mudas
Gerânios: precisam de bastante luminosidade e adoram o sol da manhã. Tente evitar plantá-las em locais internos, pois elas apresentarão pouca resistência. Valores em torno de R$ 25,00 a caixa com 15 mudas.

Bambú da Sorte: não necessitam de muito sol e água. Não deixe a planta abaixo de luz solar direta e remova sempre as folhas mortas ou amareladas. Valores em torno de R$ 15,00 e R$ 25,00.

Red flower of Nidularium plant

Bromélias: em sua grande maioria apreciam claridade, mas existem bromélias para sombra. No geral, são plantas que gostam de bastante umidade. Valores em torno de R$ 12,00 e R$ 140,00.

Palmeira Ráfia: prefere locais bem iluminados, mas distante do sol. Por isso é indicada para ser cultivada dentro de casa. Ambientes com ar condicionado podem prejudicar a planta, queimando a ponta das folhas. Valores em torno de R$ 16,00, R$ 24,00 e R$ 32,00.

Lança de São Jorge: é ideal para decoração de locais internos como apartamentos ou locais sombreados, já que não necessita muito sol direto. Valores em torno de R$ 45,00 e R$ 70,00

Cactos: preferem o sol da manhã e a maioria precisa de iluminação direta. Se você mora em apartamento ou em algum local que tenha pouca incidência de luz, procure deixar as plantas em janelas, sacadas ou qualquer local onde ela consiga receber o máximo de luminosidade possível. Valores em torno de R$ 25,00 e R$ 35,00.

Deixe seu comentário