Desfile será realizado no evento. Foto: Arquivo Ibiá

Festival busca fortalecer a história e cultura da comunidade Afro-Brasileira em Montenegro

Em comemoração aos 149 anos de Montenegro, a Associação Cultural Beneficente (ACB) Floresta Montenegrina promove neste domingo, 15, das 10h às 19h, o Festival de Cultura Afro-Brasileira. O evento, que ocorre na sede da ACB, localizada na rua Flores da Cunha, 291, bairro Progresso, tem como objetivo homenagear os povos da Diáspora Africana que construíram a cidade.

Segundo a presidente da ACB, Letícia Santos, é de extrema urgência que a trajetória desta comunidade no Município seja discutida e documentada. “Hoje a gente vem fazendo um trabalho de resgate cultural, que as pessoas nos observem na cena montenegrina, que entendam essa contribuição”, fala.

Letícia pontua que para contar a história da comunidade afro-brasileira, é importante referenciar diversas manifestações representativas ao longo do tempo, como os povos de terreiro, os carnavalescos, e a própria Associação Floresta, único clube social negro. “São três elementos que representam muito a população negra em Montenegro”, completa.

Para pontuar a história da comunidade afro-brasileira do Município, toda uma programação foi montada para o Festival. Com solenidade de abertura marcada para às 10h, o evento contará com feijoada, esquete da peça “Ela, a Criação” – do grupo Renascença Cia. de Teatro –, apresentação da “Poesia do Povo Preto – em parceria com Slam Montenegro e Poetas do Gueto –, benção de prosperidade, exposição de quadros, dança e música afro, desfile de moda e estilo, feira das Empreendedoras Negras e samba e pagode.

Os ingressos para a Feijoada custam R$ 25 e podem ser adquiridos com a diretoria da Sociedade Floresta ou pelos pontos de venda: Focus English Tutoring, Salão Neza, Estética Melanina e Salão Aline Barros. Não acompanha bebida. É possível almoçar no local ou levar para casa.

Deixe seu comentário