Será vendido peixe vivo, que não pode ser limpo no local. Foto: Arquivo Jornal Ibiá

Semana Santa. A comercialização de peixe vivo ocorre na quarta, quinta e sexta-feira na área urbana e interior

Tradicional neste período do ano, a Feira do Peixe vivo volta a ser realizada em Montenegro a partir desta quarta-feira, 17, e segue até sexta-feira,19, em 12 pontos de venda, espelhados pela zona urbana e interior município. Os piscicultores alertam, porém, para que os montenegrinos garantam seu peixe até a quinta-feira porque a abertura das bancas no último dia depende de ainda haver peixe para a venda. Em 2018 foram comercializadas aproximadamente 12 toneladas de pescado em nove pontos da cidade.

Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, os piscicultores autorizados a participar das feiras são cadastrados.
Eles têm controle da alimentação dos peixes e manejo adequado, estando estes livres de doenças e parasitas, assim como também não têm resíduos por alimentação inadequada. Todos os piscicultores são de Montenegro, e a venda traz renda para quem produz no município.

As carpas prateada, cabeça grande e húngara custarão R$10,00 o quilo e, acima de 10kg sairão R$ 8,00 o quilo. A carpa capim será comercializada por R$ 12,00 o quilo. Tilápia e jundiá custarão R$ 14,00 o quilo. Venda na taipa (na propriedade de cada piscicultor) fica R$ 1,00 a menos por quilo de qualquer variedade de peixe.

Nas feiras, só pode haver venda de peixe vivo e o comerciante não pode limpá-lo no local.

Os locais de feira são:

– Praça da rodoviária;
– Estacionamento da Certaja na Vendinha;
– Rua Carlos Lourival Lampert, n° 48, bairro São Paulo;
– Estrada do Morro Montenegro. Nas propriedades de Jocemar, Márcio e Demenciano, Ademir;
– Praça dos Ferroviários;
– Estrada Maurício Cardoso, em Frente a Taqi;
– Praça Timbaúba;
– RS-124, na entrada da Rua Nova. Na propriedade do Sr. Nilvo;
– Na Br-386, na Rua Nova, em frente a agropecuária;
– Em Santos Reis, na propriedade do Paulo Müller;
– Praça Germano Henke;
– No Passo da Serra, no posto de lavagem.

Deixe seu comentário