Além da mostra de produtos, o público desfrutou de diversas atividades oferecidas sem custo

EMPREENDEDORISMO feminino esteve em destaque em mostra de produtos e serviços

Gisele Pilger e Francisca Krantz Pilger

A Estação da Cultura em Montenegro foi palco para a Feira do Empreendedorismo Feminino. O evento ocorreu nesse domingo, 8, reunindo 60 expositores em uma mostra de produtos e serviços, além oferecer atrações como palestras e atividades de lazer. A iniciativa visa dar evidência às empresárias da cidade. “Mulheres que transformam. Negócios que inspiram”, esse foi o lema da iniciativa idealizada design de interiores Márcia Farias e apoiada pela Sala do Empreendedor. Em pleno 8 de março, quando é celebrado o Dia Internacional da Mulher, a Feira também serviu para homenagear aquelas que encaram os desafios do mercado para abrir o próprio negócio.

Márcia ficou satisfeita com o resultado do evento. “Nosso propósito é trabalhar o poder da inspiração, ajudarmos umas às outras e crescermos juntas, sem rivalidade, uma divulgando o trabalho da outra”, comenta.

A decoradora e paisagista Leila Maria Junker expôs dois ambientes no evento

Foi com o espírito de união que Gisele Pilger e Francisca Krantz Pilger dividiram o estande para expor seus produtos. Gisele produz bolachas e Francisca trabalha com plantas suculentas. Ambas viram na Feira uma boa oportunidade para mostrar seus produtos e saber mais sobre o que as demais montenegrinas andam fazendo. “A gente mora no interior e as vezes não fica sabendo do que acontece aqui na cidade. Pra nós, que moramos lá na Costa da Serra, é muito bom estar aqui”, diz Gisele. “Acho muito gratificante receber o reconhecimento do pelo nosso trabalho. Acho bem legal juntar todas no Dia da Mulher”, acrescenta Francisca.

Márcia Farias é a idealizadora da Feira do Empreendedorismo Feminino

Para a arquiteta e urbanista Ana Carolina Moura, Montenegro possui grande potencial para o empreendedorismo feminino e a Feira é uma oportunidade para alavancar negócios. “Achei uma oportunidade muito bacana para mostrar nosso trabalho e criar uma visibilidade maior aqui na cidade.”
Há 23 anos atuando no ramo de decorações de ambientes, Leila Maria Junker resolveu expandir suas atividades. A mostra serviu para divulgar os novos serviços. “Muitas pessoas estão acostumadas a me ver fazendo decorações de residências e de espaços comerciais, ou paisagismo. Agora quero que as pessoas enxerguem esse outro lado, que faço festas e eventos e tenho especialização para isso ”, conclui.

Deixe seu comentário