Secretário Municipal diz que, assim que o tempo melhorar, reparo do meio-fio será feito no local em que houve a irregularidade

A chegada da nova farmácia Panvel – na esquina das ruas João Pessoa e José Luis – trouxe incômodo para alguns motoristas que estacionavam na região. Isso porque, para a entrada do estacionamento interno da loja, os responsáveis acabaram por rebaixar mais do que poderiam do meio-fio da calçada, limitando os lugares de estacionamento da via. A empresa acabou sendo notificada pela Prefeitura e, agora, precisa corrigir o trecho.

O secretário municipal de Obras Públicas, Argus Oliveira Machado, explica que a legislação do município estabelece que, dependendo do comprimento do terreno, este pode ter, no máximo, dois acessos para veículos, com o meio-fio rebaixado. Cada um pode ter até 3,50 metros.

Argus conta que o projeto de construção do prédio da farmácia Panvel foi feito pelo proprietário do imóvel, seguindo as regras vigentes, e assim aprovado. Após a obra entregue, a farmácia passou a operar e teria recebido reclamações de alguns clientes, o que fez com que, por conta própria, desse início ao alargamento da parte rebaixada do meio-fio. “No primeiro dia em que eles iniciaram essa retirada, a notificação já foi feita”, garante o secretário.

Houve, então, reunião de representantes da empresa com a Prefeitura, onde se reafirmou as regras existentes. “Nós mesmos ajudamos eles a fazer um projeto de modificação de todo o estacionamento de vagas, se mantendo os dois rebaixos de até 3,5 metros na João Pessoa; e um rebaixo na José Luis”, aponta Argus. “Assim que tiver dois dias de sol, eles vão repor o meio-fio”, complementa.

Deixe seu comentário