Não é primavera, mas as flores continuam a encantar com suas formas, cores e perfumes. E agradarão mais ainda aos olhos dos admiradores no próximo fim de semana, 6 e 7 de maio, na 3ª Exposição Regional de Orquídeas de Montenegro, organizada pela  Federação Gaúcha de Orquidófilos (FGO) juntamente com o Núcleo Montenegrino de Orquidófilos (Numo) e com parceira da Prefeitura Municipal.

O evento reúne criadores de diversas cidades, como São Sebastião do Caí, Santa Cruz, Porto Alegre, Gramado, Venâncio Aires e Cachoeira do Sul, segundo afirma o secretário do Numo, Pedro Anselmo da Silva Souza. A mostra ocorrerá no CTG Estância do Montenegro, localizado na rua José Luiz. A abertura oficial do evento será às 13h30min de sábado e a visitação do público a partir das 14h, com previsão de término às 18h. No domingo, o horário é das 8h30min às 17h.

No sábado pela manhã, haverá o recebimento e o julgamento das diferentes espécies de plantas, conforme explica Pedro. E, durante o evento, uma oficina será ministrada sobre adubação, cuidados e categorias das orquídeas.

“No ano passado, pelo que recordo, mais de 400 plantas foram expostas. Têm desde as mais comuns até as que são mais raras. Mas todas com sua beleza”, comove-se o secretário. Pedro é integrante do Numo há três anos e afirma que sempre gostou de flores, em especial as orquídeas. “Tenho isso, hoje, como um hobby. Para mim, tornou-se ma terapia. E quando alguém poda e descarta os pedaços das plantas, eu junto e replanto, e têm dado certo”, alegra-se o criador.

Próximo fim de semana haverá 3ª Exposição Regional das Orquídeas em Montenegro, no CTG Estância
foto: site Informativo Geral

Mostra confere maior visibilidade a Montenegro
O presidente do Núcleo Montengrino, Carlos Roberto Griebeler explica que a feira é importante para voltar a dar visibilidade a Montenegro no que diz respeito às orquídeas. Ele, que há 6 anos cultiva o amor pelas plantas e tem 1.500 delas, destaca que desde 2015 o costume foi retomado no município. “E em dados do ano passado, 88 expositores participaram da mostra, com 490 orquídeas”, diz.

Inclusive, orquidários que comercializam a planta são sempre convidados a participarem da programação. “E temos como propósito, ainda, focar na questão ecológica, ensinando as pessoas a não retirarem as espécies do seu habitat para o cultivo”, enfatiza.
No sábado, às 15h, ele ministrará uma oficina sobre o assunto. A entrada é franca e a comunidade está convidada a prestigiar.

Deixe seu comentário