Na segunda-feira, dia 21, ocorre na Estação da Cultura o evento “Mais Garantias”. Numa parceria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), Central Única de Favelas (Cufa) e Prefeitura Municipal de Montenegro, o “Mais Garantias” tratará, principalmente, dos direitos e da violência contra a mulher.

A presidente do Comdim, Carliane Pinheiro, explica que a organização do evento se deu a partir da percepção de que ainda se fala pouco no assunto. “Não se aborda esse tema nas escolas, nem nas associações de moradores. Isso é necessário para quebrar essa ‘cultura’ da violência. Precisamos diminuir essas ocorrências”, comenta. O evento é aberto ao público, mas receberam convites especiais as escolas do município e região, a União Montenegrina das Associações de Bairro (Umac), profissionais de assistência social e conselheiros tutelares.

A abertura oficial do “Mais Garantias” ocorrerá às 9h. Às 9h30min, haverá a apresentação da “Casa Abrigo”, projeto de uma casa, ainda em fase de implementação, que abrigará mulheres em situação de violência. A casa terá profissionais capacitados para acolher estas pessoas e encaminhá-las nos serviços de proteção.

Ocorrerá, às 10h, a apresentação do Núcleo de Defesa dos Diretos da Mulher, com participação das dirigentes dos núcleos da defensoria do Estado, tratando dos direitos da família e do trabalho de assistência jurídica oferecido às mulheres pelo órgão. O momento é seguido por uma roda de conversa, às 11h, entre a Rede de Enfrentamento e Atendimento à Mulher em Situação de Violência, a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Câmara de Vereadores e o Movimento de Mulheres Olga Benário, de Porto Alegre.

A tarde começa com uma apresentação de coral e dança do Grupo Sesc Maturidade, às 13h30min. Após, acontece a Oficina de Parentalidade da Defensoria Pública, que foca nos direitos das famílias em situação de rompimento da conjugalidade. A oficina abordará aspectos da guarda, do convívio, da alienação paternal e da comunicação não violenta, em prol de uma relação familiar pacífica após a separação do casal.

A delegada de Polícia Sônia Dalligna inicia sua palestra às 14h30min com orientação para a paz intraescolar, destinada a profissionais da educação. Haverá também uma apresentação de dança da Uergs às 16h, com o encerramento das atividades às 16h45min. Haverá também uma unidade móvel da defensoria pública e uma “delegacia móvel” para atendimentos específicos.

Compartilhar

Deixe seu comentário