Facilitar acesso ao carteiro é fundamental para receber o carnê em casa

Facilitar o acesso do carteiro, para entrega de correspondências, com segurança à residência é responsabilidade do morador. A exigência está expressa na Portaria nº 6.206, de 13 de novembro de 2015. Quando isso não se cumpre a entrega fica comprometida. É o que acontece em oito ruas do bairro Estação, em Montenegro. Nesses locais a entrega do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) estão suspensas, devido ao grande número de cães soltos nas vias.

Segundo os Correiros, a entrega domiciliária de correspondências foi suspensa porque os cães oferecem risco à integridade física dos carteiros. Já as encomendas são entregues nessas ruas porque esse tipo de distribuição é realizada com a utilização de carro. As ruas onde os carnês não chegam são: Glicínias, Açucenas, Petúnias, Gérberas, Bromélias, Gardênias, Alfazemas e Papoulas.

Há recomendação para que os cachorros dos moradores permaneçam presos, de modo que não tenham acesso às caixas de Correio das casas. Em relação aos animais em situação de rua, a orientação é para que os moradores se informem sobre o recolhimento dos animais com os órgãos responsáveis.

Também não há entrega em áreas rurais e loteamentos que não foram regularizados pela Prefeitura. Em todos esses casos, o contribuinte deve ir até o Departamento da Receita, localizado no mesmo prédio da Prefeitura, das 8h às 12h e das 13h30min até as 16h30min para solicitar a segunda via do carnê.

Deixe seu comentário