Mais 2.250 cestas básicas e 2.250 kits de higiene e limpeza foram doados pela Braskem à Cufa Montenegro

Cerca de 9 mil pessoas já foram beneficiadas na região com a entrega realizada no mês passado

A Central Única das Favelas de Montenegro (Cufa) recebeu na manhã desta quarta-feira, 9, mais 2.250 cestas básicas e 2.250 kits de higiene e limpeza da Braskem. Essa é a segunda doação que a empresa realiza à organização, no mês passado já havia sido doado o mesmo montante.

A distribuição dos alimentos seguirá o mesmo modelo adotado na primeira doação. Serão contempladas famílias cadastradas no projeto Mães da Favela, da Cufa Montenegro, além de pessoas em vulnerabilidade de algumas comunidades do interior, como Muda Boi, Vendinha e Faxinal. Também serão destinadas cestas para serem distribuídas pelas escolas municipais e algumas escolas estaduais. Além disso, algumas entidades assistenciais e o banco de alimentos municipal receberão alimentos para distribuição.

Durante a cerimônia também foi apresentado um balanço dos alimentos já entregues na primeira doação feita pela Braskem. Segundo o coordenador da Cufa Montenegro, Rogério Santos, cerca de 9 mil pessoas foram impactadas na região com as cestas básicas já distribuídas. “Em Montenegro, o bairro Senai foi o que mais teve beneficiados, porque pega parte dos Trilhos, Vila Jó e Esperança, mas ele faz um equilíbrio muito forte com a Cinco de Maio”, afirma Rogério.

Lúcia levou para casa uma cesta básica e um kit
de higiene e limpeza já nessa quarta-feira

Conforme os dados apresentados, foram distribuídas 1.737 cestas básicas em Montenegro e 504 em Triunfo. “Essa doação da Braskem é fundamental, porque uma das coisas que é insuportável é a questão da fome. Então isso fortalece muito, e as pessoas mais vulneráveis fortalece ainda mais, porque elas estão procurando essa ajuda pela questão da fome”, afirma Santos.

Daniel Fleischer, gerente de relações institucionais da Braskem, lembrou da importância da participação de todos os colaboradores da empresa que se empenharam para que a doação pudesse chegar até a as comunidades. Fleischer destacou ainda a importância da parceria com a Cufa para levar os alimentos até as pessoas mais vulneráveis. “Quero enfatizar essa parceria muito grande com a Cufa, esse trabalho voluntário fantástico deles para fazer com que os alimentos cheguem até as comunidades. A intenção da doação por parte da Brakem é nobre, mas nós não conseguiríamos fazer se não fosse a nobre participação da Cufa”, destacou.

A distribuição dos alimentos iniciou logo após a chegada dos mantimentos. Lúcia Elena Ferreira, moradora da Vila Esperança, foi umas das contempladas pelas cestas básicas distribuídas pela Cufa nesta quarta-feira. Desempregada e mãe de cinco filho, Lúcia conta que vive somente com o valor recebido do Bolsa Família e destaca a importância da ajuda. “Representa muito, porque as vezes a gente não tem, nem sempre a gente tem tudo para dar para as crianças. É uma ajuda muito importante”, afirma Lúcia.

Deixe seu comentário