Luiz Fernando de Oliveira, Vilson José Fachin e Marcelo Cardona são os finalistas

Luiz Fernando de Oliveira, da LF de Oliveira. foto: arquivo pessoal

Na tarde de ontem a ACI Montenegro/Pareci Novo divulgou os três finalistas do Troféu Jacob Renner, Empresário Destaque de 2016. Por meio de indicação foram escolhidos Luiz Fernando de Oliveira, da LF de Oliveira; Vilson José Fachin, da Fachin e Ferla Contabilidade, e Marcelo Petry Cardona, da Cardona Consultoria Imobiliária. O anúncio foi realizado pelo auditor e delegado do Conselho Regional de Contabilidade (CRC) Jorge Fernando Camara Ferla.

Vilson José Fachin, da Fachin e Ferla Contabilidade. foto: arquivo pessoal

Os três finalistas foram definidos a partir de indicações na primeira fase do prêmio. O vencedor, que será escolhido por meio de votação, será conhecido no dia 19 de outubro, no jantar de aniversário de 96 anos da ACI, na Sociedade Cultural Pareci Novo. Cada associado terá direito a um voto.

Marcelo Petry Cardona, da Cardona Consultoria Imobiliária. foto: arquivo pessoal

O presidente da ACI Montenegro/ Pareci Novo, Waldir João Kleber, destacou a referência que os empresários têm no município. “Esta é a 3ª edição do Troféu e acredito que este é um momento importante para destacar os empresários e a trajetória na nossa cidade”, afirmou. Nos anos anteriores, os homenageados foram Heitor Müller, em 2015, e Gerson Müller, em 2016.

O Troféu Jacob Renner é o reconhecimento oferecido pela ACI Montenegro/Pareci Novo a empresários que atuam em organizações associadas e se destacam no cenário econômico empresarial por sua liderança, eficiência e iniciativa.

A escolha do Empresário Destaque é feita por meio de votação direta, que acontece durante o jantar de aniversário da ACI. Todos os proprietários, sócios ou acionistas das empresas associadas à ACI podem ser indicados ao Prêmio, não sendo necessário nenhum tipo de pagamento ou inscrição prévia.
Para garantir a transparência na escolha, o processo de eleição é acompanhado por auditores, Jorge Fernando Camara Ferla e Dr. Sepé Tiarajú Rigon de Campos, presidente da OAB subseção de Montenegro.

Deixe seu comentário