Animais e catadores abrem os sacos e tudo fica espalhado pelo chão

Moradores reclamam do lixo espalhado nas imediações do condomínio Recanto dos Pássaros, na estrada Cylon Rosa, no bairro Aeroclube. O fato é que existiam dois contêineres de lixo no local e agora eles não estão mais lá.

Terreno é utilizado irregularmente como ponto de descarte de lixo

Conforme o síndico Marcelo Hommerding, a construtora do residencial conseguiu junto à Prefeitura os dois contêineres por um período determinado. O primeiro foi retirado há algum tempo e o segundo há cerca de três semanas. Com a falta de local apropriado para os sacos de lixos serem colocados até o recolhimento, a saída foi deixar no chão, na beira do passeio.

No entanto, catadores e animais vasculham os materiais, que acabam espalhados no entorno. Além disso, há registros de que pessoas passam nas imediações e atiram sacolas em um terreno aberto, ao lado do residencial. Restos de materiais de obras também aparecem por lá.

Enquanto a reportagem fazia o registro das imagens, um cidadão que andava de bicicleta passou dizendo: “esse é o nosso Montenegro”. Marcelo Hommerding afirma que o condomínio já está realizando o orçamento das lixeiras e convocará uma Assembleia Geral dos moradores a fim de decidirem qual o tipo ideal a ser instalado. Os condôminos também foram alertados para deixarem o lixo em locais mais protegidos.

Conforme Hommerding, a Prefeitura confirmou terça, 24, que vai providenciar um contêiner até o final da semana e este ficará no local por cerca de 30 dias, período em que o Recanto dos Pássaros deverá providenciar os espaços exclusivos para os resíduos serem depositados adequadamente. Todos aguardam o resultado positivo para que as cenas das fotos não se repitam.

Deixe seu comentário