Cíntia Araújo dá sugestões aos participantes para terem sucesso na prova foto: Acervo pessoal

Especialista dá dicas para uma boa participação na seleção para diversos cargos na Prefeitura, dia 13 de agosto

Adiado duas vezes por erros de encaminhamento, o concurso público da Prefeitura de Montenegro se aproxima. A prova teórico-objetiva ocorre no dia 13 de agosto e embora os cancelamentos anteriores tenham oportunizado aos candidatos mais tempo para estudar, o nervosismo neste momento é inevitável. Afinal, em tempos de crise, a conquista de um emprego público pode ser a diferença entre uma vida atribulada e uma carreira bem sucedida, sem maiores sobressaltos.

Psicóloga organizacional do Setor de Recursos Humanos da Unisc, Cíntia Araújo dá algumas dicas de como os candidatos podem se preparar para o momento do exame. “Antes de qualquer instrução, é importante que o sujeito esteja certo de seus objetivos”, ressalta. “Para ter sucesso, você precisa investir muitas horas nos estudos e na preparação. Tem que ter força de vontade, dedicação e estar disposto a fazer muitas renúncias a momentos familiares e de lazer”, alerta.

Cintia indica que os estudos para qualquer tipo de concurso devem começar antes da publicação do edital, já abordando as matérias básicas, como Língua Portuguesa, Matemática e algumas legislações. Depois do edital, a sugestão é que se aborde os temas mais específicos do cargo desejado. “O candidato deve adequar um horário específico em meio a sua rotina diária apenas para se dedicar ao estudo”, complementa.

Perto da data da prova, a profissional indica que o candidato revise os conteúdos e visite o local de realização, já medindo os fatores de deslocamento e possíveis imprevistos para evitar surpresas. “Organize e confira na véspera todos os documentos e materiais necessários. Não consuma alimentos pesados ou bebidas alcoólicas no dia anterior ao teste e tente praticar exercícios físicos. Eles estimulam o cérebro, melhorando o raciocínio e a memória”, sugere a psicóloga.

No momento da aplicação, a dica é manter uma respiração calma e profunda, para diminuir a ansiedade e aumentar a concentração. Cíntia reforça: “concentre-se na prova. Quando nossa mente está concentrada em uma tarefa, há menos chances de ser contaminada por sentimentos de ansiedade, insegurança e nervosismo.” Para ela, o candidato deve inicialmente resolver as questões mais fáceis para, depois, encarar as mais complexas.

O edital do concurso estabelece que os participantes devem chegar ao local 30 minutos antes do início da prova, portando um documento de identidade com foto e caneta esferográfica de material transparente, preferencialmente de tinta preta. Não é permitido manter consigo durante a prova pertences pessoais, relógios, armas, aparelhos eletrônicos, chaves ou controles de qualquer espécie. Candidatos também não podem usar óculos escuros, nem qualquer acessório que cubra a cabeça. É autorizado o uso de garrafas transparentes e sem rótulo.

Para a prova, os participantes foram divididos em dois turnos, cada um com 3h para realização. A partir das 9h, ocorrem as provas dos cargos de Agente de Manutenção, Asfaltador, Assistente Administrativo, Atendente de Farmácia, Auxiliar de Manutenção, Eletricista, Operador de Máquina Rodoviária, Soldador, Técnico de Suporte em Informática e Técnico em Higiene Bucal.

No turno da tarde, a partir das 14h, realizam a prova os candidatos aos cargos de Agente de Controle Interno, Agente Fiscal, Agente Fiscal de Tributos, Arquiteto, Biólogo, Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico, Fisioterapeuta, Geólogo, Médico Especialista Cardiologista, Médico Especialista Dermatologista, Médico Especialista do Trabalho, Médico Especialista Gineco/Obstetra, Médico Especialista Infectologista, Médico Especialista Ortopedista, Médico Especialista Pediatra, Médico Especialista Pneumologista, Médico Especialista Psiquiatra, Médico Generalista, Motorista, Nutricionista, Odontólogo, Procurador e Terapeuta Ocupacional.

Deixe seu comentário