Na próxima semana, a tendência é que as temperaturas aumentem gradativamente.

CPTEC projeta algumas frentes frias e chuva para as próximas semanas

Parece que os casacos grossos terão que esperar mais um pouco para serem guardados, já que a oscilação do clima irá continuar em agosto para a alegria de quem gosta do frio e tristeza das pessoas que aguardam ansiosas pela subida das temperaturas.

Nessa terça-feira, 1º, o mês chegou na companhia de baixas temperaturas, trazendo uma prévia de como será os próximos períodos climáticos. De acordo com a meteorologista do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), Carolina Vidal, durante os primeiros dias de agosto a circulação anticiclônica na região favorece o surgimento de muita nebulosidade, chuva leve e, aos poucos, o clima vai mudando. “Os ventos do norte vão provocar uma mudança no início da próxima semana e a tendência é que o tempo fique seco e, com isso, as temperaturas vão entrando em gradativa elevação”, explica a meteorologista.

Diferente de julho, onde as oscilações climáticas foram muito mais intensas, a previsão para este mês de é que essa instabilidade diminua aos poucos. Conforme o CPTEC, a temperatura prevista está acima do normal. No que se refere às precipitações, Caroline comenta que a tendência está um pouco abaixo da média na região do Vale do Caí.

“De nodo geral, a chuva no Rio Grande do Sul é bem distribuída, mas durantes a segunda semana está previsto algumas frentes frias que irão causar chuvas leves, e no restante do mês os dias serão mais seco”, destaca a meteorologista.

Conforme o fim do mês de agosto se aproxima, o termômetro irá registrar temperaturas amenas, mas até, as frentes frias, calor e chuvas irão continuar. “A tendência é que o clima fique mais seco em boa parte do tempo”, completa Caroline.

Deixe seu comentário