Músico, que forma dupla com Rogério Melo, é o novo presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho. Foto: divulgação

Um dos expoentes da cultura gaúcha, o músico César Oliveira assumiu nesta semana a presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho. Ele era o vice-presidente de Administração e Finanças da entidade e vai ocupar o lugar de Gilda Galeazzi, que se licenciou para cuidar da saúde. César Oliveira será o presidente do MTG por três meses ou até ocorrerem as eleições, embargadas por prazo indeterminado por força de uma decisão da Justiça.

A licença de Gilda Galeazzi foi informada no último dia 6, em reunião do Conselho Diretor do MTG. Aos 51 anos, César forma dupla com Rogério Melo e tem 25 anos de carreira, com 17 CDs e 3 DVDs gravados. Integra o Cultura RS Pós Covid, comitê que define os protocolos de distanciamento social no setor cultural. Além disso, é Adido Cultural do Estado, nomeado pelo governador Eduardo Leite como representante oficial da cultura do RS.

No curto período que estará na presidência do MTG, ele pretende pregar a união. César entende que o momento atual é de todos se despirem de ideologias e individualismos. “Precisamos aproximar ainda mais o movimento do poder público para ser encarado como uma instituição necessária e benéfica na retomada, especialmente no que ela pode prover na questão do turismo cultural”, declara.

Entre suas metas, César Oliveira pretende valorizar os jovens ligados às entidades filiadas e motivá-los. O presidente frisa que, durante a pandemia, eles tiveram a opção de conhecer, virtualmente, diversas outras culturas, e preferiram continuar ligados ao tradicionalismo. “Quem vai dar o seguimento, que é a tradição de pai para filho, são eles. E são eles que irão realizar o processo de sucessão no MTG“, salientou.

Eventos que dão protagonismo aos jovens, como o Entrevero de Peões e a Ciranda Estadual de Prendas, serão discutidos com conselheiros, coordenadores, gestores regionais e toda a comunidade tradicionalista, para que sejam realizados de forma híbrida (parte presencial e parte online). “Precisamos ser democráticos”, completou César Oliveira.

Por fim, o novo presidente do MTG quer traçar planos conjuntos com a recém-criada Frente Parlamentar dos Vereadores pela Tradição Gaúcha e com o secretário de Turismo do Estado, Ronaldo Santini, a fim de aproveitar o potencial das entidades como ferramenta de incentivo ao turismo.

Deixe seu comentário