Responsável por localizar a cadela ficará como seu tutor FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

A cadela Branca não era o animal de estimação de um brochiense. O morador da cidade vizinha foi no final da tarde de segunda-feira, dia 22, até a propriedade de João Alves da Silva ver se, de fato, tratava-se do seu mascote, o que acabou não se confirmando. O animal ficará em Sanga Funda, no interior de Montenegro, juntando-se a Preta – uma cadela de dois anos – como animal de estimação de João.

Branca ficou conhecida por ter sido resgatada pelo Corpo de Bombeiros de Montenegro em local de difícil acesso num morro, após ficar cinco dias presa no local. O resgate foi feito pelo Corpo de Bombeiros.

Deixe seu comentário