Alcemar foi à Câmara conferir andamento do pedido

Mais de 500 pessoas em busca do auxílio emergencial de R$ 600,00, oferecido pelo governo federal a quem ficou sem renda durante a pandemia do novo coronavírus, já foram atendidas na Câmara de Vereadores. Na Usina Maurício Cardoso, sede do Legislativo, foi disponibilizado um terminal on line e um servidor para ajudar a comunidade. A medida foi adotada em abril, com o objetivo de contribuir para a redução das filas na Caixa e nas lotéricas, socorrendo aqueles que não possuem internet em casa. O secretário geral da Câmara, Felipe Diego da Silva, que coordena o trabalho, relata que os cidadãos estão procurando o serviço tanto para preencher o cadastro como para verificar se foram contemplados ou se aconteceu algum problema.

Atualmente desempregado, o ex-motorista de táxi Alcemar Camargo, 54 anos, esteve na Usina segunda-feira à tarde. Durante a consulta ao sistema, ele descobriu que seu pedido ainda estava em análise. Numa demonstração de esperança por dias melhores, ele disse ter fé de que será contemplado. “É muito bom receber ajuda neste momento difícil”, declarou. Camargo elogiou a Câmara por estar prestando este serviço, auxiliando a quem tem dificuldade ou não dispõe de internet.

Durante o atendimento, são observados todos os cuidados de higiene, como o uso de máscaras e álcool gel. Os servidores demonstram satisfação em ajudar. “Quando a gente diz para eles que o cadastro foi aprovado, o sorriso de quem vai poder pagar uma água, luz ou comprar comida é comovente”, pontua Silvio Kaél.

Para requerer o auxílio ou verificar o andamento do pedido, os interessados devem apresentar documento de identidade. Quem for contemplado pode receber o benefício através de depósito em conta, ou por meio de saque nas agências da Caixa Econômica Federal, em terminais de atendimento eletrônico e nas lotéricas. O atendimento na Câmara ocorre das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30, de segundas a sextas-feiras.

Deixe seu comentário