Elevação nas obras não deve trazer prejuízos à acessibilidade de pedestres

Leitores entraram em contato com o Ibiá preocupados com as obras dos três cruzamentos na Ramiro Barcelos: com as ruas José Luís, Osvaldo Aranha e Santos Dumont. Alguns deles citaram que existe um problema na construção, uma elevação, que acabaria permitindo que acumulasse água no local e a mesma ficasse empoçada depois das chuvas.

Após contato via assessoria, o Secretário de Obras Públicas Argus Machado explicou a situação. “Essa [inclinação] não vai trazer prejuízos à acessibilidade de pedestres, pois não haverá circulação destes por ser área considerada de serviço, com a instalação de dois bancos, floreira, lixeira e delimitada por ‘Guardrail’. O passeio existente onde haverá a circulação de pedestres, juntamente com suas respectivas rampas de acessibilidade, atende às normas da NBR 9050.”

Argus esclareceu ainda que há a necessidade de alargamento do passeio público de 1,50m em direção à pista de rolamento de veículos, provocando a elevação da área ampliada, em função do abaulamento da pista de rolamento e ao atendimento da norma do Código do Fumtran que indica altura do meio fio em relação à pista de 15cm. “Entre a área de ampliação do passeio e a área do passeio existente, está prevista a instalação de grelhas lineares para o escoamento das águas superficiais provenientes das chuvas.”, diz o secretário.

Deixe seu comentário