Está circulando em grupos do Whatsapp um áudio em que uma mulher se identifica como “Mari”, e seria uma agente de saúde. Esta mulher alerta as pessoas a não receberem em seus lares nenhuma pessoa vestida com jaleco branco, crachá e prancheta com o intuito de fazer perguntas ou teste da Covid-19, pois este grupo seria uma quadrilha que assalta as residências, principalmente de idosos.

Diversas pessoas compartilharam este arquivo atribuindo a origem do mesmo a Montenegro, entretanto em nenhum momento do áudio é citado o Município. Além disso, segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Montenegro, o áudio não é de alguém do Município e o Executivo não tem conhecimento de nenhum golpe neste sentido. É importante ressaltar que, na dúvida da origem de qualquer áudio ou mensagem de WhatsApp ou outras redes sociais, não compartilhe!

Deixe seu comentário