Projeto Casa de Cultura Senai promoveu apresentações artísticas no domingo

O projeto Casa de Cultura Senai promoveu um dia cheio de atividades para a comunidade do bairro Senai. O evento desse domingo, 25, integra a programação do “Agosto das Artes”, desenvolvido pela Prefeitura de Montenegro com apoio parceiros. Esporte, dança e muita música alegraram o dia do público que prestigiou a ação.

Três amigas deram origem ao grupo de dança “Do Nosso Jeito”

O projeto Casa de Cultura Senai é realizado pelos ativistas sociais Toni Anderson de Souza (MC Tony), por Décio de Oliveira e Alexandre Machado. Segundo Tony, a programação do domingo foi uma mostra do trabalho que vem sendo realizado no Ginásio Poliesportivo do bairro, diariamente. No local, há atividades como futebol, dança e muito mais. “Ficamos muito afastados do Centro, precisamos fazer algo aqui. A ideia é sempre promover a cultura em nossa cidade”, destaca o MC.

Tony lembra que o Senai tem uma “fama” nada agradável perante o restante do município. Um dos objetivos do projeto é mostrar que lá também acontecem coisas boas. “Nós, como ativistas culturais, temos que mostrar que aqui tem pessoas de talento e artistas”, acrescenta.

Décio de Oliveira, MC Tony e Alexandre Machado

E é justamente para mostrar seus talentos que as irmãs Helen e Tainara Machado, juntamente com a amiga Jenifer Campos fundaram o grupo de dança “Do Nosso Jeito”. A formação começou em 2016, somente com as três integrantes, agora, já são 10 participantes. “A gente sempre gostou de dançar. Queremos mostrar para todos o potencial do nosso grupo”, sublinha Helen. Nesse domingo elas conseguiram fazer isso ao se apresentar para os moradores do bairro.

Caroline Machado aproveitou o belo dia de sol para prestigiar as ações e ver o filho Peterson Machado, de sete anos, se apresentar junto com as meninas. “Esse tipo de evento é muito bom para as crianças. Na TV, a gente vê esse tipo de coisa acontecendo em outras cidades, aqui é a primeira vez. Tomara que tenha mais”, comenta.

Teve gente que aproveitou para mudar o visual e voltou pra casa cheio de estilo

O serviço de corte de cabelo, oferecido gratuitamente pelo salão Tapa de Moreno, despertou o desejo de muitos em mudar o visual. Dez sortudos tiveram a oportunidade de voltar pra casa mais bonitos e felizes. O cabeleireiro Paulinho Gonçalves e seu colega Sílvio Rodrigues abriram mão do dia de folga para praticar um gesto de generosidade. “Eu sei o que passei para chegar onde estou hoje, não tenho muito. Mas o que tenho conquistei com muita dificuldade. A gente ta aqui para dar atenção para essas crianças. É gratificante ver eles recebendo a gente”, conclui Paulinho.

Deixe seu comentário