Sonho antigo de muitos montenegrinos, mais um passo para a continuação da pavimentação da Transcitrus foi dado ontem pela Prefeitura. Para as obras no trecho que começa na localidade de Campo do Meio e vai até a divisa com o município de Maratá, passando por Santos Reis, foi assinado junto à Caixa Econômica Federal o contrato que visa o repasse de R$ 911.877,39 ao Município, vindo da União.

Em fevereiro, R$ 1,46 milhão já havia sido buscado com o governo federal. Naquele mês, uma empresa foi contratada para fazer o levantamento topográfico planialtimétrico de todo o trecho, com os dados coletados sendo usados para a elaboração do projeto, que foi enviado a Caixa – a mandatária do contrato.

Na assinatura – com participação de representantes da Caixa – o prefeito Carlos Eduardo Müller destacou a importância da etapa, mas não deu prazos para a abertura do edital ou um possível início das tão esperadas obras. “É um momento importante, marcante, e que firma nova etapa que se inicia na Transcitrus. Trabalhamos para que esse recurso fosse aportado o quanto antes e em breve já faremos a sequência necessária para o início das intervenções”, salientou.

No mesmo ato, que ocorreu no Palácio Rio Branco, a Prefeitura assinou um outro contrato. Esse prevendo o repasse de R$ 113 mil para a aquisição de máquina e equipamentos de uso agrícola. “Queremos uma Montenegro cada vez mais forte para a região voltar a crescer também”, destacou o prefeito de Montenegro.

Deixe seu comentário