“Temos de criar o hábito de visitar exposições, porque é um momento em que a gente consegue parar, analisar e se tornar até crítico”, defende Priscila

Museu de Arte de Montenegro. As inscrições estão abertas até 4 de dezembro e o edital está disponível na página da Estação Cultura no Facebook

Até o dia 4 de dezembro, os artistas de Montenegro e diversas regiões do Estado e País, podem se inscrever para expor seus trabalhos no Museu de Arte de Montenegro (MAM).

De acordo com a diretora de Cultura, Priscila Nunes, o número de exposições depende da quantidade de artistas ou grupos que se inscreverem neste edital. “E aí organizamos nas nossas salas e, se tivermos demanda, ainda podemos fazer exposições extra-muro”, destaca Priscila.

Com isso, além de usar o espaço da Estação, a diretora de Cultura destaca que podem ser utilizados os lugares que se tornam mais acessíveis à comunidade ou mais perto para que se possa, a partir da Estação, disseminar as exposições para toda a cidade. “Acredito que isso é ótimo porque as pessoas terão mais de uma exposição por vez para poder olhar. Vai conquistar mais o público”, argumenta.

Para Priscila, Montenegro tem muito potencial e é preciso ter a união de administração municipal e artistas do município e região. “Temos de criar o hábito de visitar exposições, porque é um momento em que a gente consegue parar, analisar e se tornar até crítico. Acredito que temos que ter essa criticidade dentro da cidade das artes”, pondera.

A divulgação dos artistas selecionados ocorrerá em 11 de dezembro e a publicação da agenda de exposição do MAM para o ano de 2018 será em 20 de dezembro.

A ficha de inscrição e o regulamento poderão ser encontrados no site da Prefeitura Municipal de Montenegro, na aba Secretarias (Smec), Departamento de Cultura ou solicitados ao Museu de Artes de Montenegro, que fica na rua Osvaldo Aranha 2215, Bairro Ferroviário.

Neste ano, foram cinco exposições de artistas e outras duas de obras do acervo do MAM. Para o próximo, além de incentivar um número maior de exibições, intenção é reabrir espaços que hoje estão desativados, como o andar superior. “Um dos nossos objetivos é consertar o elevador, para podermos oferecer acessibilidade ao segundo patamar”, reforça.

Cotidianos particulares

Caroline e Daniela são duas artistas que têm suas obras expostas no MAM até o dia 1º de novembro

Com este título, está em exibição, até o dia 1º de novembro, a exposição coletiva de Carolina Oliveira e Daniela Heckler. O material fala de questões do cotidiano das artistas e tem relação com a mensuração do tempo e o que se modifica a partir disso.

De acordo com Daniela, professora, artista e moradora de Montenegro, o espaço é uma oportunidade para os artistas e para a comunidade conhecer o material artístico. “A Estação é um espaço que fomenta a cultura e levar o teu trabalho para esse espaço é reconhecer o espaço como tal. Felizmente temos lá dentro um espaço onde podemos mostrar a arte que é produzida aqui”.

Para Daniela, a Estação tem um grande espaço para exposições, mas está limitado em função das salas de cima que estão fechadas. “Poderíamos ver mais exposições. Acredito que é importante trabalhar para que se possa reabrir as salas de cima”, pede.

Como fazer a inscrição
Poderão inscrever-se artistas que tenham realizado no mínimo uma exposição individual e três coletivas. Uma vez por ano será reservado espaço para exposições de novos talentos- sem comprovação de participação em mostras.

Os artistas poderão se inscrever nas modalidades exposição na sede, exposição extra-muros, onde os espaços definidos pelo Conselho de Amigos do MAM a cada ano e exposição para espaços que não compreendem o MAM, mas que fazem parte da Estação Cultura.

A documentação necessária para fazer a inscrição, bem como a ficha de inscrição, estão disponíveis no edital que está no site da prefeitura (www.montenegro.rs.gov.br) ou pela página do Facebook da Estação Cultura.

Deixe seu comentário