Ilustrações anexas ao edital mostram propostas de pórtico pras entradas da Praça Rui Barbosa e, abaixo, de enfeite de coelho. IMAGENS: REPRODUÇÃO

DIFERENTE do que ocorreu no Natal, proposta é para comprar os enfeites

Há três semanas da Páscoa, segue aberto o processo licitatório que visa contratar uma empresa pra confeccionar a nova decoração temática pra a cidade de Montenegro. O edital foi lançado no dia 17; e as propostas serão conhecidas na próxima quinta-feira, dia 31. Com contrato assinado, a empresa terá dez dias para entregar os enfeites; já na semana da data comemorativa. O investimento total previsto é de R$ 58.836,78.

Conforme o diretor de Turismo do Município, Jaime Buttenbender, esta é a segunda licitação aberta. Uma primeira foi lançada em 23 de fevereiro para receber propostas até o último dia 15. Porém, nenhuma empresa demonstrou interesse no contrato. “Infelizmente, ela foi deserta. Mas demos uma adequada no edital e largamos de novo para ver se terá alguma empresa interessada. Sempre que é aberta a licitação, vai pro portal do Banrisul, que a Prefeitura de Montenegro e outras várias usam, e qualquer empresa cadastrada pra licitações, do País inteiro, recebe um e-mail de que tem aquela licitação aberta”, explica.

A proposta da Administração Municipal, com o edital, é de, efetivamente, adquirir a decoração que, conforme o edital, será confeccionada pela empresa seguindo as definições do departamento de Turismo. Os enfeites, além da Páscoa, também farão alusão aos símbolos de Montenegro. É lógica diferente do que foi feito nos últimos dois natais, quando as decorações foram alugadas; e a alteração acabou demandando mais tempo de ajustes para que o edital fosse, efetivamente, lançado.

Jaime Buttenbender, diretor de Turismo. FOTO: REPRODUÇÃO

“Será como as outras cidades que pensam nesse turismo de Natal e Páscoa fazem. Pegam, compram o material e, no próximo ano, esses itens que ficaram, por exemplo, no Centro, vão para os bairros e outras ruas. Aí, se compra mais material, de novidades, para a parte central. A cada ano, se acaba ampliando a decoração”, resume Buttenbender. Para largar a opção do aluguel, ele explica que foi necessário conseguir um local, junto à Estação da Cultura, para armazenar os enfeites adquiridos; e também alinhar com as equipes, inclusive da Elétrica, para assumirem a responsabilidade pelas instalações. No final do ano, deverá ser assim, também. “Eu já estou, inclusive, montando o termo de referência para o Natal”, adianta o diretor.

Dentre os itens pensados para, neste ano, enfeitarem a Praça Rui Barbosa e o Centro nesta Páscoa está uma árvore “Osterbaum” enfeitada, portais de “Feliz Páscoa Montenegro” , casinha, bicicleta decorativa, um ovo gigante; e imagens de coelhos para vários pontos, inclusive nas luminárias dos vasos da rua Ramiro Barcelos. Buttenbender explica que, não havendo sucesso com a licitação, serão usados alguns enfeites antigos que o Município já possui. “É um material bem simbólico, para termos alguma coisa na Praça”, coloca.

Para o diretor de Turismo, a decoração simboliza a retomada do pertencimento e da autoestima da cidade. “Nós somos uma cidade polo de todo o Vale do Caí. Temos as maiores lojas de supermercado, redes, vindo para Montenegro; que vêm porque fazem pesquisa e constatam que aqui é o melhor lugar para se instalarem. Nós precisamos ter essa visão, também”, destaca. “A gente vê esse pertencimento nas cidades pequenas do entorno, que se emanciparam, e em Montenegro isso parece que se perdeu. Nós estamos, aos poucos, retomando isso.”

Sem feira, com Casa do Artesão
A Feira de Páscoa, um evento já tradicional, não será realizada neste ano. Segundo o diretor de Turismo, o cancelamento foi feito em acordo com os artesãos locais devido às tratativas para a abertura da Casa do Artesão Montenegrino. “O valor que era gasto em duas feiras vai dar o aluguel de um ano inteiro da Casa do Artesão. Na prática, com a Casa aberta, essa feira vai ficar aberta pelo ano inteiro”, explica Buttenbender. Próximo à Praça Rui Barbosa, o prédio que vai abrigar o espaço dos artesãos fica na rua Capitão Cruz, onde antes funcionava a Pilger Pet Shop. No momento, está sendo formatado o contrato de locação.

Deixe seu comentário