Registro da situação da rua no dia 2 de fevereiro. Foto: Arquivo pessoal Lisiane da Rosa

No dia 12 de janeiro o Jornal Ibiá publicou uma reportagem expondo a situação de constantes alagamentos que acontecem na rua Porto Belo, no bairro Centenário. Na ocasião a moradora Lisiane da Rosa relatou que durante um serviço de limpeza realizado em junho de 2020 pela Prefeitura em uma boca de lobo, parte do material utilizado para fazer a obra acabou descendo pela rede piorando a situação.

“Agora, chuviscou alaga. Antes para alagar teria que ter uma chuva pesada”, relatou a moradora. Questionado, o secretário de Viação e Serviços Urbanos, Neri Mello Pena, havia informado que uma limpeza como medida emergencial para amenizar o problema seria realizada nos próximos dias, mas isso não aconteceu.

Ainda sem solução, os moradores voltaram a entrar em contato com a redação do Jornal Ibiá relatando que o problema persiste. “Até agora nada de limpeza, agora é esgoto puro, antes estava misturado com a água da chuva”, relata a moradora Lisiane da Rosa.

A reportagem então voltou a questionar a Prefeitura, que informou que o secretário já esteve no local e conferiu a situação. Segundo a Administração Municipal, a intenção era resolver imediatamente o problema, mas por conta do alto número de demandas junto à Secretaria de Viação e Serviços Urbanos (SMVSU) isso ainda não foi possível.

Para resolver as demandas pendentes, a SMVSU tomou a decisão de terceirizar parte dos serviços, o contrato deve ser assinado até o fim da próxima semana. “A partir daí serão tomadas várias providências para esse tipo de demanda e a rua Porto Belo será uma das primeiras contempladas”, informou a assessoria de imprensa da Prefeitura.

Deixe seu comentário