Brincadeiras e distribuição de lanches e doces marcaram a tarde de confraternização entre crianças e adultos

Solidariedade. Ação de voluntários levou alegria e chocolates para cerca de 150 pessoas

Já é Páscoa no bairro Bela Vista, em Montenegro, pelo menos para as cerca de 150 pessoas, entre crianças, mães e pais que participaram do evento alusivo à data na Associação Comunitária dos Moradores. Essa é a primeira iniciativa do Projeto Conscientização Voluntária na Cidade das Artes. A ideia foi trazida de Porto Alegre para cá pelo coordenador Ellysandro Gomes. Há dois meses ele deu início à busca de voluntários e doações para tornar mais feliz a Páscoa de muita gente.

O grupo de voluntários que alegrou o dia de muitas crianças durante a festa de Páscoa do bairro Bela Vista

Nesse domingo,7, chegou a hora de colocar em prática tudo que foi planejado para a ação. Embora o tempo não tenha colaborado, muita gente, mesmo que de guarda-chuva, aproveitou para levar as crianças na festa preparada especialmente para elas. Além de brinquedos como pula-pula, teve maquiagem infantil, corte de cabelo, atividades recreativas, apresentação de artes marciais, gincana e, claro, muita comilança.

Graças ao trabalho direto de 15 voluntários e à participação indireta de um extenso número de pessoas que colaborou com doações, os pequenos foram recepcionados com suco e cachorro quente. No meio da tarde foi servido bolo.

Para deixar o dia ainda mais doce e alegre. O Coelho da Páscoa fez a entrega de balas e chocolates para a criançada. “Tudo isso só foi possível graças aos voluntários que vieram e aos que ajudaram com doações. Esse é um evento sem vínculo político ou religioso”, destaca Ellysandro.

O coordenador visitou diversos estabelecimentos do comércio local em busca de ajuda. Maria Helena dos Santos foi uma das comerciantes que resolveu se unir ao grupo. “É uma ótima iniciativa. É uma ação sem fins lucrativos que envolve o desprendimento de cada um de nós em prol do bem-estar do outro”, comenta.

Angelita Loremz concorda com a companheira voluntária. Ela já está acostumada a participar de ações sociais, mas fazer isso para crianças é algo diferente, afirma. “É uma realização. Trabalhar com crianças é algo puro, elas têm uma energia que envolve a gente. Gosto da interação, é uma folia só”.

Voluntários envolvidos na iniciativa
Zazá, Patrícia, Patrícia Dias, Thaissa, Cristiane, Mara Helena, Ellysandro, Eliane, Yasmin, Angelita, Sandro, Magda, Margarete, Tânia, membros da Associação Comunitária de Moradores do bairro Bela Vista

Famílias felizes e unidas durante o evento
As irmãs Daiane, Taciane e Lucilene de Mattos aproveitaram o domingo em família. Além de alegrar o dia das crianças, momento foi de confraternização. “Adorei a iniciativa”, afirma Lucilene. “Se não fazem um evento como esse, as crinças daqui são esquecidas”, diz a mãe de três filhos. Daiane curtiu as atrações na companhia das irmãs e dos dois filhos. “As crianças estão adorando”.

As irmãs Daiane, Taciane e Lucilene de Mattos curtiram com os filhos e sobrinhos

Vanderlei Júnior dos Santos levou as filhas Estér de dois anos e Kerolin Vitória de três para receber o coelhinho. A mais velha brincou muito e fez novos amiguinhos. A caçula preferiu ver tudo no conforto do colo do pai.

Deixe seu comentário