Orgulho: Yustos Techeira levou a bandeira de Montenegro novamente ao topo do pódio. Legenda: Foto: Cleusa Kunrath

Aos poucos, a rotina dos esportistas montenegrinos vai voltando ao normal. No último final de semana, o pequeno Yustos Techeira repetiu uma cena que se tornou frequente nos últimos anos. Em São Paulo, o lutador montenegrino de apenas 10 anos se sagrou campeão do Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu e levou a bandeira do Município para o lugar mais alto do pódio.

A competição ocorreu nos dias 23, 24 e 25 de outubro na capital paulista. Todos os protocolos sanitários do estado de São Paulo foram seguidos à risca para evitar o contágio do novo coronavírus. Um dos atletas mais promissores de Montenegro, Yustos deu um show de técnica na competição, não sofreu nenhum ponto e nenhuma situação de “risco” durante as lutas.

O jovem atleta, que representa a cidade do Vale do Caí e também a academia Equipe A, de Novo Hamburgo, conquistou o título brasileiro ao vencer, na grande final, um lutador carioca, da tradicional equipe Nova União, do Rio de Janeiro, por 14 a 0. “O Yustos lutou contra atletas de faixa cinza e amarela. Mesmo assim, dominou as lutas o tempo todo, arrancou elogios do público, de professores e narradores do evento, pela técnica e maturidade apresentadas nas lutas”, destaca a mãe, Cleusa Kunrath.

Para alçar voos mais altos no jiu jitsu, Yustos e a família buscam parceiros e apoiadores. “Ele estava realmente inspirado e não deu chances para o adversário na final. A preparação segue forte, para desafios internacionais até o final deste ano. Buscamos o apoio de parceiros para levar o Yustos a grandes competições”, completa a mãe do atleta.

Deixe seu comentário